NOTÍCIAS

Postado em 09 de Julho às 14h47

AB Vista apresenta processo multimecanístico com o uso de levedura viva na alimentação animal

  • Mercoagro – Edição 2018 -

A AB Vista, um dos três maiores players de enzimas do mundo, apresenta o uso de Vistacell, sua levedura viva para melhoria de desempenho de reprodutoras hiperprolíficas. À medida que o tamanho da leitegada aumenta, o desafio em ter animais saudáveis e com peso normal também é grande.
A levedura viva tem o potencial de reduzir o número de leitões com peso leve ao nascer e
aumentar o número de leitões desmamados através de um único processo. É uma oportunidade para a otimização de eficiência produtiva.
Com o uso de Vistacell, há um maior peso ao nascer, da leitegada e uma menor porcentagem de animais com peso inferior a 1 kg. Além disso, há uma melhoria na composição de nutrientes do leite das porcas, com níveis mais altos de imunoglobulinas, gerando um aumento da imunidade dos leitões.
“A inserção de levedura viva na alimentação das reprodutoras também apresenta uma melhora na saúde intestinal, estabilizando flora e aumentando a presença de bactérias benéficas”, revela Alexandre Barbosa de Brito, Gerente Técnico LAM da AB Vista. “Ao alcançar um maior número de leitões por leitegada, o uso de levedura viva na dieta das reprodutoras pode ser adotada para ajudar a diminuir a alta porcentagem de leitões leves ao nascer e aumentar o número de leitões desmamados”, conclui Fabio Valle, Coordenador Técnico Comercial da AB Vista.
Vistacell é um produto seco/granulado, revestido por camada externa que garante aumento da estabilidade da levedura em distintos processos, o fazendo atuar como probiótico.

Fonte: AB Vista / Suino.com

Veja também

Maggi projeta crescimento de 27% na produção de carnes até 202824/07 O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi, afirmou durante o evento internacional Global Agribusiness Fórum 2018 (GAF) que a produção de carnes do Brasil deve crescer em torno de 27% nos próximos dez anos. Em pronunciamento, o ministro apontou que as carnes (bovina, suína e de frango) devem passar de 27 milhões t para 34 milhões t, em......
Novos mercados se apresentam para a carne produzida em Santa Catarina19/04 De olho no mercado internacional, Santa Catarina quer ampliar as exportações de carnes. De acordo com informações do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), nos próximos dias, Coreia do......
Chilenos visitam estabelecimentos de aves e de bovinos no Brasil30/08 Na próxima sexta-feira (31), será realizada reunião final entre autoridades sanitárias do Chile e integrantes do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) para avaliação de auditorias......

Voltar para Notícias (pt)