NOTÍCIAS

Postado em 12 de Julho às 13h29

Abrafrigo espera recuperação de exportações de carne bovina no 2º semestre

  • Mercoagro – Edição 2018 -

As exportações brasileiras de carne bovina subiram 4% no primeiro semestre do ano, para 681,9 mil toneladas, sendo que a greve dos caminhoneiros no fim de maio desacelerou  ritmo dos embarques em maio e junho, informou a Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafrigo) na quarta-feira (11).
Os embarques brasileiros de carne bovina também estão sendo afetados pelo embargo russo que vigora desde o final do ano passado. Mas a Abrafrigo espera reversão desse cenário neste segundo semestre e mantém a expectativa para crescimento de 10% dos embarques em 2018.
“O segundo semestre de 2018 será um período de recuperação das exportações porque
tradicionalmente os maiores clientes elevam suas aquisições e porque se espera o retorno da Rússia, que representava quase 10% das vendas brasileiras do produto”, informou a entidade em nota.
De janeiro a junho, o Brasil exportou o equivalente a US$ 2,71 bilhões em produtos de carne bovina, alta de 3% ante o mesmo período do ano passado.
Apenas no mês de junho, foram exportadas 64,9 mil toneladas, queda de 47% ante junho de 2017. Isso representou um faturamento de US$ 317,7 milhões para a indústria exportadora brasileira, receita 37% menor que a registrada no mesmo mês do ano passado.
A China foi o principal comprador de carne bovina brasileira no primeiro semestre, tendo
adquirido 43% do volume total embarcado, ou 296,4 mil toneladas.
O Egito foi o segundo maior comprador, com importação de 70,9 mil toneladas. Em terceiro, ficou o Chile, com 51,2 mil toneladas.

Fonte: Carnetec

Veja também

Agroindústrias catarinenses pedem ao governo federal subsídio para frete do milho03/07 Agronegócio catarinense quer apoio do Governo Federal para importação de milho. Santa Catarina está entre os maiores produtores nacionais de suínos, aves e leite e o grão é fundamental para manter a competitividade das agroindústrias instaladas no Estado. Entre as demandas mais urgentes estão a falta de um subsídio do Governo Federal ao frete......

Voltar para Notícias (pt)