NOTÍCIAS

Postado em 27 de Abril às 08h59

Angola e Iêmen voltam a importar carne brasileira

Mercoagro – Edição 2018 Países haviam parado de comprar carne do Brasil em função da operação Carne Fraca A Angola e o Iêmen que mantinham suspensão total da importação de carne...

Países haviam parado de comprar carne do Brasil em função da operação Carne Fraca
A Angola e o Iêmen que mantinham suspensão total da importação de carne brasileira, mudaram sua posição, conforme comunicado oficial recebido ainda na segunda-feira, 24 de abril, pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).
Os dois países, agora, resolveram apenas intensificar a inspeção dos produtos que chegam ao país. A suspensão parcial à importação se refere ao auto embargo promovido pelo próprio Mapa, abrangendo países que importam de frigoríficos citados na Operação. A licença de exportação foi suspensa até que sejam sanadas eventuais comprovadas irregularidades.

Fonte: Portal DBO, com informações do MAPA

Veja também

Maggi: Brasil pode ampliar ainda mais a participação no mercado mundial de aves e suínos31/08 Ministro reforça necessidade de fortalecer sistema brasileiro de controle e fiscalização de alimentos Ao discursar na abertura do Salão Internacional de Avicultura e Suinocultura (Siavs), no Parque Anhembi, em São Paulo (SP), o ministro Blairo Maggi (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) disse que a cadeia produtiva da avicultura e da suinocultura brasileira tem......
SIAVS receberá encontro internacional de Ministros da Agricultura23/01 Maior encontro da avicultura e da suinocultura do Brasil, o Salão Internacional de Avicultura e Suinocultura – SIAVS (29 a 31 de agosto de 2017, no Anhembi Parque, em São Paulo / SP) receberá um encontro internacional de Ministros......
Exportações de carne de frango crescem 16,2% em outubro03/11 Levantamentos da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) mostram que as exportações brasileiras de carne de frango (considerando todos os produtos, entre in natura e processados) totalizaram 365,5 mil toneladas......

Voltar para Notícias (pt)