NOTÍCIAS

Postado em 25 de Abril às 11h00

Árabes importaram 37,6% mais carne bovina nacional no primeiro trimestre

  • Mercoagro – Edição 2018 -

Com um acréscimo de 37,6% em relação ao primeiro trimestre do ano passado, as
exportações brasileiras de carne bovina aos países árabes somaram US$ 189,75 milhões no
primeiro trimestre. Nos embarques o aumento foi de 59%.
Somente nos três primeiros meses foram embarcadas 48,51 toneladas do produto,
conforme aponta os dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC,
Brasília/DF) compilados pela Câmara de Comércio Árabe Brasileira (CCAB, São Paulo/SP).
Entre os destaques está o Egito, com um crescimento de 193% nas compras em
comparação ao mesmo período de 2017. A receita dos embarques para o país chegou a US$ 138,58 milhões. Seguido pela Arábia Saudita, com US$ 32,61 milhões.
O ranking tem em terceiro lugar os Emirados Árabes Unidos, em uma crescente de 5% em
relação ao último ano, importando um total de US$ 22,52 milhões. Outro aumento considerável foi o da Jordânia com um número de embarques 60,4% maior que em 2017.

Fonte: Abiec, adaptado pela equipe feed&food

Veja também

Fluxo Eletrônica Industrial lançará novos produtos na Mercoagro 201621/03/16 A empresa chapecoense Fluxo Eletrônica Industrial está entre os expositores confirmados para participar da Mercoagro 2016. Além da fabricação e comercialização, oferece assistência técnica em equipamentos eletrônicos, automação e refrigeração industrial. Atua, especialmente, em indústrias e agroindústrias da......
Sebras apresentará soluções para isolamento de ambientes02/06/16 Especializada em soluções para isolamento de ambientes industriais, a Sebras Portas Rápidas vai expor pela primeira vez na Mercoagro. Com atuação no Brasil e no exterior, oferece produtos para os setores agrícola,......
Preços devem se sustentar em dezembro, apesar do embargo russo24/11/17 Nessa segunda-feira, (20/11), a Rússia anunciou embargo parcial e temporário às importações das carnes suína e bovina brasileiras a partir do próximo mês, devido à......

Voltar para Notícias (pt)