NOTÍCIAS

Postado em 14 de Setembro de 2016 às 17h34

Armax marca presença na Mercoagro 2016, em Chapecó

Há mais de 17 anos no mercado, a Armax Automação Industrial é uma das expositoras da Mercoagro 2016, que segue até esta sexta-feira (16) no Parque de Exposições Trancredo Neves, em Chapecó. Reconhecida pelo alto padrão de qualidade em seus produtos, além de expositora, a empresa chapecoense também é fornecedora de ar comprimido na Mercoagro 2016. 

As máquinas da Armax têm como característica a durabilidade e eficácia, oferecendo as melhores soluções para aumentar a qualidade de produção e maximizar o retorno do seu investimento auxiliando, inclusive, na redução de custos. A empresa atua em vários segmentos a fim de contribuir com a expansão e fortalecimento do setor industrial. A linha de máquinas inclui compressores parafuso, odontológicos, pistão, tubulações e conexões PPCR, cilindros, válvulas e acessórios especiais, soluções em conexões e tubos, em rede de ar e água, além de ferramentas pneumáticas.

O diretor da empresa, Luis Augusto Cappua, assegura que a Armax atua principalmente na linha de automação industrial, com objetivo de possibilitar um desenvolvimento contínuo, também com treinamentos para difundir técnicas e somar experiências que reflitam positivamente na produtividade das empresas. "A Armax busca trazer soluções inovadoras que supram as necessidades dos clientes e que de alguma maneira reduzam seus gastos fixos", explica. 

Mais informações da empresa no site http://www.armax.com.br/.

MERCOAGRO 

A Mercoagro 2016 conta com o apoio institucional do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), da Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafrigo), do Centro de Tecnologia de Carnes do ITAL, da Associação de Matadouros, Frigoríficos e Distribuidores de Carne do Estado de Mato Grosso do Sul (Assocarnes), Associação Gaúcha de Avicultura (ASGAV/SIPARGS), Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), Núcleo Oeste de Médicos Veterinários e Zootecnistas (Nucleovet), entre outras instituições. 

Veja também

Produção de carne precisa crescer 13% para suprir demanda até 202611/12 “O desafio está lançado”, afirma o presidente do Conselho de Administração da Associação Nacional da Pecuária Intensiva (Assocon, São Paulo/SP), Alberto Pessina. A frase se refere à necessidade de crescimento da produção de carne bovina no Brasil, que deve aumentar 13% para suprir o aumento de 7% da demanda interna e 31% nas......
Inovação em higienização industrial será foco da Launer na Mercoagro09/05/16 Consolidada no mercado desde 1994, a Launer Química atua em diferentes segmentos, fornecendo produtos farmacêuticos de uso veterinário, produtos químicos em geral, insumos e ingredientes para indústrias de laticínios e......

Voltar para Notícias (pt)