NOTÍCIAS

Postado em 03 de Maio de 2017 às 17h26

Brasil tem 90% dos frigoríficos habilitados para o abate Halal

Mercoagro – Edição 2018 O Brasil possui 90% dos frigoríficos habilitados para produzir proteína animal Halal e seus derivados, de acordo com nota divulgada pela Câmara de Comércio Árabe-Brasileira, na...

O Brasil possui 90% dos frigoríficos habilitados para produzir proteína animal Halal e seus derivados, de acordo com nota divulgada pela Câmara de Comércio Árabe-Brasileira, na quarta-feira (26/4). O conceito Halal trata-se de uma série de padrões que vão desde a constatação da saúde plena do animal até a não adoção de trabalho infantil ou escravo pelos estabelecimentos de abate.

Ainda segundo a entidade, o volume exportado da carne brasileira alcança apenas 20% da população muçulmana no mundo, de cerca de 1,8 bilhão de pessoas. Por outro lado, o país é o principal exportador de carne bovina e de frango para países islâmicos. A carne suína não entra nessa conta, visto que o consumo de suínos é proibido pelo Islamismo.

Para exportar para os países muçulmanos, os frigoríficos brasileiros precisam realizar o procedimento Halal longe dos animais não Halal. Nesse caso, o gado deve ser saudável, em perfeita condição física e não deve sofrer. O abate precisa ser autorizado por autoridades sanitárias e só pode ser feito e fiscalizado por muçulmanos que conheçam as regras e condições da prática.

Fonte: Globo Rural

Veja também

Carne, gado vivo e material genético bovino e avícola na mira do Irã01/12/17 O Irã é o 5º maior parceiro comercial do agronegócio brasileiro. Em 2016, o Irã importou US$ 2,1 bilhões, principalmente milho, soja em grãos e carne bovina in natura. Agora há interesse de exportar para o Brasil ureia, frutas secas e amêndoas. Do outro lado da mesa, houve avanço no que se refere a procedimentos para exportação de carne......
Suíno brasileiro pode sair vencendo na disputa entre EUA e México14/06/18 Diante do fechamento do mercado mexicano à carne suína dos Estados Unidos, a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) encaminhou aos Ministérios da Agricultura e de Relações Exteriores, um......
Com vendas externas, setor de carnes celebra ano surpreendente09/11/16 O ano termina melhor do que se previa para o setor de proteínas. Isso graças ao mercado externo, "que está sendo surpreendente", diz Francisco Turra, presidente-executivo da ABPA (Associação Brasileira de......

Voltar para Notícias (pt)