NOTÍCIAS

Postado em 19 de Julho às 10h25

Carne 1953 recebe certificação internacional de qualidade

  • Mercoagro – Edição 2018 -

A JBS informou por meio de nota que a carne1953, lançada pela empresa no início deste ano, acaba de ser reconhecida com o prêmio International Taste & Quality Institute (iTQi), um dos mais exigentes órgãos de certificação, com sede em Bruxelas, na Bélgica, que regulamenta e reconhece os produtos com maior índice de qualidade no mundo da gastronomia.
Os cortes Cube Roll 1953 (bife ancho) e Strip Loin 1953 (contrafilé) receberam, respectivamente, duas e três estrelas (premiação máxima), no Superior Taste Award 2018, uma prova mundial que avalia alimentos de diferentes lugares do mundo quanto ao seu sabor e outras características sensoriais.
A premiação recebida pelos cortes confirma o alto padrão e qualidade da marca1953 que foi lançada em comemoração aos 65 anos de fundação da companhia e também para atender à crescente demanda por carne bovinapremium, ao incluir as grandes redes de varejo entre os canais de distribuição dos produtos deste segmento, antes restrito ao food service e boutiques, diz a nota.
“Esse prêmio mostra que o consumidor reconhece a qualidade dos cortes da marca. Parabéns aos produtores parceiros e a todos os envolvidos nesta iniciativa, entramos no mercado com o pé direito”, comemorou Eduardo Pedroso, diretor executivo de Originação da JBS Carnes.
Os produtos da1953 contam com origem controlada da matéria-prima e cuidado, segundo a JBS, com os mais altos padrões de qualidade em todo processo de produção, desde a seleção dos melhores animais – relacionada a uma política de compras muito exigente que considera apenas novilhas e machos castrados bem terminados –, e envolve tecnologia avançada, além de padronização e seleção dos melhores cortes.
PORTFÓLIO 1953
O portfólio de produtos1953 possui cortes com padronização e refile diferenciados como Baby Beef, Bife Ancho, Bife de Chorizo, Maminha, Bombom de Alcatra, Fralda, Picanha, Filé Mignon, Chuck Eye Roll, Steak de Picanha, Vazio, Shoulder Steak, Coração de Paleta, Costela do Dianteiro, entre outros.

Fonte: Carnetec

Veja também

Brasil vai exportar material genético avícola para o Quênia29/05 O Brasil já pode exportar ovos férteis e pintos de um dia para o Quênia, na África. O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) recebeu nesta segunda-feira (28) a aprovação do certificado zoosanitário internacional (CZI), pelo serviço veterinário daquele país. Somente, neste ano, é o terceiro país a......

Voltar para Notícias (pt)