NOTÍCIAS

Postado em 20 de Fevereiro às 13h37

Carne bovina: carne sem osso em alta pela primeira vez no atacado em 2018

  • Mercoagro – Edição 2018 -

Mercado de carne bovina em alta no atacado. Em sete semanas, esta é a primeira de 2018
com ajuste positivo nos preços. No acumulado dos últimos sete dias a valorização média foi de 0,7%.
O feriado “tirou” parte dos pecuaristas dos negócios, fez as escalas de abate encurtarem,
enxugou os estoques de carne e ajudou na tão esperada recuperação de vendas.
Essa combinação interrompeu a trajetória de baixa que persistia desde o começo de janeiro. Até então, normal para aquele período.
Os preços médios atuais são 3,3% maiores (mais de um ponto percentual acima da inflação) que os medidos em 2017, logo após este mesmo feriado.
É importante ponderar, porém, que esta recuperação semanal foi fortemente pautada em
reajustes dos cortes de dianteiro, que subiram 2,3% e são produtos de menor valor agregado. Isso pode indicar que a recuperação no poder de compra da população ainda está no início.
Enfim, é só o primeiro ato de um mercado cuja única expectativa é de melhora, depois de
dois anos castigados pela crise e pelo varejo “fraco”. É preciso aguardar para ver a consistência e a constância desta trajetória que determinará o mercado do boi gordo em 2018. 

Fonte: Notícias Agrícolas

Veja também

Intensificação das vendas a países africanos ajuda a elevar exportação12/04 Embora Hong Kong e China tenham sido os principais mercados responsáveis pelo bom resultado das saídas brasileiras de carne suína em março, a intensificação das vendas para países africanos, como Angola e África do Sul, contribuiu para impulsionar os embarques do período. De janeiro a março de 2018, a África do Sul já adquiriu......
Maggi comemora abertura de novos mercados e redução da burocracia14/05 No dia 12 de maio de 2016, data em que assumiu o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi já sabia o que fazer. O trabalho baseou-se em duas linhas mestras. Primeira, a abertura de novos mercados para o......

Voltar para Notícias (pt)