NOTÍCIAS

Postado em 01 de Dezembro de 2017 às 14h38

Carne, gado vivo e material genético bovino e avícola na mira do Irã

Notícias (46)
  • Mercoagro – Edição 2018 -

O Irã é o 5º maior parceiro comercial do agronegócio brasileiro. Em 2016, o Irã importou US$ 2,1 bilhões, principalmente milho, soja em grãos e carne bovina in natura. Agora há interesse de exportar para o Brasil ureia, frutas secas e amêndoas. Do outro lado da mesa, houve avanço no que se refere a procedimentos para exportação de carne bovina, exportação de gado vivo e material genético bovino e avícola.
Na primeira reunião do Comitê Consultivo Agrícola Brasil-Irã, em Brasília, na semana
passada (23/11), as partes discutiram a assinatura de dois memorandos de entendimento. O primeiro, na área vegetal. O segundo, na cooperação em pesquisas agropecuárias.
“Trabalhamos para facilitar os negócios entre os dois países”, afirma o secretário de
Relações Internacionais do Agronegócio do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Odilson Ribeiro e Silva. “Esperamos que, em breve, o resultado dessa reunião se reflita no comércio Brasil-Irã. Vamos precisar discutir ainda alguns temas para finalizar a assinatura.”

Presidida pelo vice-ministro da Agricultura, Mohammad Ali Javadi, a delegação iraniana é
composta por nove técnicos. No próximo ano, haverá uma nova rodada de negociações.
 
Fonte: MAPA, adaptado pela Feed&Food

Veja também

Anunciada a pré-programação dos eventos técnicos e científicos da Mercoagro 201612/04/16 Está sendo concluída a grade de palestras e atividades dos eventos técnicos e científicos que constituem a programação paralela da 11ª Feira Internacional de Negócios, Processamento e Industrialização da Carne. A Mercoagro, que possui apoio institucional do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), acontece de 13 a 16 de setembro......
Argentina, Uruguai e Chile ampliam importações de carne suína05/03 Países como Argentina, Uruguai e Chile estão entre os principais importadores da carne suína brasileira. A ampliação de embarques para estes mercados ajudou o Brasil a contornar os efeitos do bloqueio russo sobre as......
REGISTRO NO SIF DE PRODUTOS DE ORIGEM ANIMAL SE TORNA MAIS ÁGIL22/08/17 Fila de solicitações foi praticamente encerrada com uso de força tarefa e sistema iniciado neste ano permite inclusão automática quando se trata de produto já regulamentado O Departamento de......

Voltar para Notícias (pt)