NOTÍCIAS

Postado em 04 de Maio às 17h03

Carne valoriza 4,5% no mês de abril

Mercoagro – Edição 2018 Após iniciar abril em queda, os preços da carne bovina se recuperaram no mês, segundo indicam dados do Cepea. No mercado atacadista da Grande São Paulo, a carcaça casada bovina...

Após iniciar abril em queda, os preços da carne bovina se recuperaram no mês, segundo indicam dados do Cepea. No mercado atacadista da Grande São Paulo, a carcaça casada bovina começou abril negociada na casa dos R$ 9,50/kg, mas chegou a ser comercializada acima dos R$ 10,00/kg na segunda quinzena do mês, fechando a R$ 9,97/kg no dia 28, valorização de 4,5% no acumulado mensal.

De acordo com pesquisadores do Cepea, essa recuperação nos preços da carne foi observada depois de passados os efeitos mais intensos da operação Carne Fraca da Polícia Federal no setor pecuário. Pesquisadores do Cepea indicam que, quando a operação foi deflagrada, no dia 17 de março, houve fechamento temporário de algumas unidades de abate e muitos pecuaristas, diante dos baixos valores oferecidos por frigoríficos na compra de animais, se afastaram do mercado. Esse cenário, por sua vez, reduziu a oferta de carne, resultando em alta nos valores na segunda quinzena de abril, mesmo com a típica demanda enfraquecida nesse período do mês.

Na última semana de abril, especificamente, pesquisadores do Cepea comentam que o movimento de alta nos preços foi interrompido. Esse contexto pode estar atrelado justamente à retomada das atividades nos frigoríficos que estavam parados, e que voltaram a abater num momento em que a oferta de boi já se mostra um pouco maior. Nesse cenário, o volume de carne disponível no atacado cresceu.

Fonte: Cepea 

Veja também

Mapa oficializa medidas para apoiar a saúde animal07/12 Quatro atos normativos sobre saúde animal foram assinados nessa segunda-feira (04/12), em Belém do Pará, por Luís Rangel, Secretário de Defesa Agropecuária do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).  Foi apresentado também o aplicativo Saúde Animal, que possibilita informar mais rapidamente a ocorrência de......
REGISTRO NO SIF DE PRODUTOS DE ORIGEM ANIMAL SE TORNA MAIS ÁGIL22/08 Fila de solicitações foi praticamente encerrada com uso de força tarefa e sistema iniciado neste ano permite inclusão automática quando se trata de produto já regulamentado O Departamento de......

Voltar para Notícias (pt)