NOTÍCIAS

Postado em 17 de Maio de 2018 às 14h10

Com os expositores garantidos, Mercoagro 2018 foca agora o público comprador

    Com 100% dos espaços contratados pelos expositores, a Mercoagro 2018 (Feira Internacional de Negócios, Processamento e Industrialização da Carne) concentra, agora, seu esforço de comunicação no público para atrair cerca de 15 mil compradores. A 12ª edição da expo-feira ocorrerá de 11 a 14 de setembro deste ano, no Parque de Exposições Tancredo Neves, em Chapecó (SC).

    Considerada uma das maiores feiras técnicas da indústria mundial de alimentos, a Mercoagro é uma iniciativa da Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC).

    O gerente do projeto Mercoagro Nadir José Cervelin realça que a divulgação da feira envolve o emprego articulado das mídias impressas, digitais e eletrônicas para atrair visitantes do Brasil e do exterior. O site da feira (www.mercoagro.com.br) está no ar desde o ano passado oferecendo extensa gama de informações aos interessados, inclusive a intensa programação científica e os eventos paralelos. Também permite a inscrição prévia e a obtenção dos crachás para ingresso.

    Tudo o que é relevante sobre a Mercoagro também está disponível através de aplicativo para telefonia celular (smartphone) que pode ser baixado gratuitamente pelas lojas virtuais Apple e Google Play. Esse serviço tem o objetivo de dar transparência e atender com rapidez todas as demandas dos diversos públicos.

    Conteúdos jornalísticos são elaborados e encaminhados diariamente aos meios de comunicação de todas as mídias, incluindo emissoras de rádio e televisão, jornais e revistas especializadas, agências de notícias, sites e portais jornalísticos, entre outros canais. Por outro lado, Newsletter com conteúdos informativos são distribuídos periodicamente a expressivo segmento do público-alvo.

    Simultaneamente, malas-diretas são enviadas periodicamente ao conjunto de expositores com materiais para serem replicados, distribuídos e reencaminhados aos seus respectivos clientes para que visitem a Mercoagro 2018.

    A partir deste mês, os expositores passam a receber lotes de convites para distribuição aos seus respectivos públicos nas versões impressa e digital. A versão digital permite redistribuir o convite para o mailing exclusivo de cada expositor. Para receber a versão impressa, o expositor deve informar a Comissão Organizadora qual a quantidade que necessita até o dia 30 deste mês de maio. O material é integralmente gratuito e leva a logomarca do expositor.

    O presidente da ACIC Cidnei Barozzi enfatiza que, na Mercoagro, os expositores e visitantes-compradores têm a certeza da realização de bons negócios. “A expo-feira notabilizou-se mundialmente e atrai fabricantes e fornecedores de máquinas, equipamentos, implementos e insumos para as indústrias frigoríficas”. Além disso, o compromisso com a integração econômica e a difusão do conhecimento científico que presidiram a primeira edição continua sendo prioridade. “Simultaneamente ao fomento dos negócios, a Mercoagro atua como importante instrumento de integração e difusão tecnológica através dos eventos paralelos, como o Seminário Internacional de Industrialização da Carne, a Clínica Tecnológica, o Laboratório Experimental, o salão de inovação, a sessão de negócios, o painel de oportunidades e o Mercoshow”, salientou.

    MERCOAGRO

    A Mercoagro terá 180 estandes com 250 marcas representadas. A previsão é de 15 mil visitantes/compradores e negócios na ordem de 160 milhões de dólares. A Mercoagro tem a Enterprise Feiras e Eventos no esforço de vendas e assessoramento técnico e apoio da Prefeitura de Chapecó, Facisc, ABIA, ABPA, Chapecó e Região Convention & Visitors Bureau, Fiesc, Senai, Safetrading, Sebrae/SC, Sindicarnes, Sihrbasc, Unochapecó, Abrafrigo, Unoesc, Embrapa Suínos e Aves, Asgav/Sipargs, Programa Ovos RS, ABIAF, Sincravesc, ITAL, Nucleovet e BRDE.

    Mais informações no site: www.mercoagro.com.br.

    Veja também

    Governo mantém desoneração a setores de aves, suínos e peixes06/06/18 O fim da desoneração da folha de pagamento de diferentes setores da economia, que serviu como moeda de troca para a redução de tributos sobre os combustíveis, não afetou as cadeias de aves, suínos e peixes. De acordo com a Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), o texto sancionado pelo presidente Michel Temer, na última semana, manteve a......
    Coreia do Sul decide comprar carne suína de Santa Catarina13/07/16 A decisão de a Coreia do Sul de comprar carne suína catarinense já está tomada, de acordo com a Agência de Quarentena Animal e Vegetal (QIA) e o Ministério da Agricultura coreano, restando apenas algumas etapas finais......
    China amplia compra de carne suína catarinense09/02/18 China se consolida como principal mercado para carne suína catarinense. Em janeiro, o estado faturou US$ 20 milhões com as vendas para o mercado chinês – mais do que o dobro da receita em dezembro de 2017. No último......

    Voltar para Notícias (pt)