NOTÍCIAS

Postado em 10 de Janeiro às 09h37

Consumo de carne suína pode aumentar 1,63% em 2018, indica Cepea

  • Mercoagro – Edição 2018 -

Segundo análise do Cepea o consumo doméstico de carne suína pode aumentar 1,63% em 2018, o que corresponde a 49,6 mil toneladas a mais frente ao estimado para 2017. Esse incremento na demanda tem como base o cenário mais conservador de crescimento do PIB previsto pelo Banco Central do Brasil (BC), de 0,62% em 2018.
Conforme dados dos pesquisadores, o cálculo é para um aumento de 2,38% na produção de carne suína. Com isso os dados calculam que os excedentes exportáveis seriam 5,27% superiores em 2018 frente ao ano anterior. Neste contexto, o desafio da suinocultura nacional neste ano será ampliar os destinos da carne brasileira no mercado externo.
Segundo a análise dos pesquisadores, em 2017 os maiores importadores da carne suína brasileira foram Rússia, Hong Kong e China, que, juntos, adquiriram 68,4% de todo o volume embarcado até novembro. Caso o consumo nacional de carne suína aumente mais, a quantidade de excedentes exportáveis tende a aumentar menos. Os dados ainda indicam que no cenário doméstico, as possíveis recuperações da economia e retomada do crescimento em 2018 tendem a elevar o consumo geral da população. Com isso, a expectativa é de aquecimento na demanda por carnes.

Fonte: Suinocultura Industrial

Veja também

Secretaria da Agricultura comenta sobre o embargo russo à carne suína do Brasil23/11/17 Como maior exportador de carne suína do país, Santa Catarina ainda analisa as conseqüências da decisão do Serviço Federal Sanitário e Fitossanitário da Rússia sobre a suspensão da importação de carne suína produzida no Brasil, devido à presença de ractopamina e outros estimulantes para o crescimento muscular......
Indonésia, um novo caminho para a avicultura em 201818/01 Um 2017 ótimo, mesmo em ano turbulento. E um 2018 ainda mais promissor, com importante novo comprador. O frango verde-amarelo não poderia querer mais. A Organização Mundial do Comércio (OMC) divulgou relatório com......

Voltar para Notícias (pt)