NOTÍCIAS

Postado em 30 de Outubro às 17h11

Crescimento na produção global de carne suína fortalece o último trimestre

Notícias (43)Mercado (32)

Em relação ao quarto trimestre de 2017, a produção global deverá aumentar ainda mais
impulsionada principalmente pela China, Estados Unidos, Canadá e Brasil. A afirmação é da
análise do Rabobank, Pork Quarterly, que ressalta que as importações da China que já haviam
diminuído tendem a melhorar no fim deste ano.
"A história mais significativa nos mercados globais de suíno tem sido o declínio substancial
nas importações da China nos últimos meses, o que cria um risco de mercados globais
sobrecarregados", diz Chenjum Pan, analista de proteína animal.
Embora o índice de preços do suíno Rabobank Five-Nation sugira uma tendência de preços
mais forte, os principais países importadores provavelmente manterão um crescimento constante
das importações, afirma a análise.
BRASIL: QUEDA NA EXPORTAÇÃO PARA A CHINA
As exportações brasileiras de carne suína aumentaram cerca de 18% seu valor nos
primeiros nove meses do ano. Já em volume, houve queda de aproximadamente 4%, em
particular, devido à diminuição das importações chinesas desta proteína. “Dado os custos de
alimentação favoráveis, esperamos que a produção brasileira continue aumentando no quarto
trimestre de 2017”, conclui a análise.

Fonte: Suinocultura Industrial

Veja também

Aurora Alimentos cresce no mercado mundial de carnes, apesar dos desafios15/03/16 A Cooperativa Central Aurora Alimentos – terceiro maior grupo agroindustrial do País – obteve nas exportações de carnes 24% de sua receita operacional bruta, em 2015. No ano passado, a receita total fechou em R$ 7,7 bilhões de reais, dos quais, R$ 1,85 bilhão de reais foram vendas externas. O crescimento no comércio mundial foi da ordem de......
Alpax divulgará inovação para laboratórios na Mercoagro 201619/04/16 Especializada em acessórios, equipamentos e reagentes para laboratórios de controle de qualidade, pesquisa e desenvolvimento, a Alpax estará presente na Mercoagro 2016, apresentando inovações para este segmento. A......

Voltar para Notícias (pt)