NOTÍCIAS

Postado em 10 de Janeiro às 14h29

Dentre as proteínas, a carne de frango foi a que obteve maior valorização em 2016

Diante de um cenário macroeconômico ruim em 2016, o mercado de frango se destacou entre as proteínas.

A média anual dos preços pagos pelo frango vivo em São Paulo ficou 10,6% maior que em 2015. A cotação média foi de R$2,89/kg.

Os abates seguem movimento crescente. No acumulado dos três primeiros trimestres o país abateu 4,45 bilhões de cabeças (IBGE), aumento de 3,7% na comparação com igual período do ano anterior. O mercado conseguiu absorver bem a produção. A crise econômica no país aumentou a procura por proteínas de menor custo.

As exportações também colaboraram com o setor.

A carne de frango no atacado em dezembro acumulava valorização de 12,1% em doze meses, enquanto a suína teve alta de 8,0% e o dianteiro bovino queda de 2,2% no período.

A forte valorização do milho, porém, diminuiu as margens dos avicultores.

Para 2017, a expectativa de patamares menores para os preços do milho é favorável para o setor e, ainda diante de um cenário econômico desafiador, a carne de frango continua sendo uma opção interessante para o consumidor.

Fonte: Notícias Agrícolas

Veja também

Importadores do Catar reafirmam confiança no setor de proteína animal do Brasil03/05 O presidente-executivo da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), Francisco Turra foi informado pelo Ministério das Relações Exteriores (MRE) que importadores do Catar pretendem incrementar as compras de proteína animal do Brasil. A manifestação foi feita por representantes da Qatar Meat Production, em encontro ocorrido recentemente na......
Fiedler Automação na Mercoagro10/02/16 De Blumenau (SC), a Fiedler Automação é uma das empresas que já garantiu seu espaço na Mercoagro 2016. Com tecnologia e inovação, fornece produtos específicos, desenvolve projetos e elabora......
Minerva continua atenta a oportunidades para crescer na América do Sul06/03 A Minerva Foods continua atenta às oportunidades de expansão dos seus negócios na América do Sul para além dos países em que já possui unidades produtivas, disseram executivos da empresa na quarta-feira (22)......

Voltar para Notícias (pt)