NOTÍCIAS

Postado em 07 de Fevereiro às 13h36

Embrapa apresenta rotas tecnológicas para destinação de animais mortos no Show Rural Coopavel 2018

  • Mercoagro – Edição 2018 -

A destinação correta de carcaças de suínos, aves e bovinos que morrem por causas
rotineiras ou catastróficas nas propriedades rurais é um dos destaques da Embrapa Suínos e Aves durante o Show Rural Coopavel, feira que acontece de 5 a 9 de fevereiro em Cascavel-PR. O problema afeta a maioria dos produtores e a preocupação se deve especialmente pela falta de uma regulamentação específica para a remoção e destinação que atenda os aspectos sanitários, ambientais e econômicos.
Para auxiliar produtores e órgãos regulamentadores, a Embrapa Suínos e Aves de Concórdia-SC, unidade descentralizada da empresa de pesquisa agropecuária vinculada ao
Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, desenvolve o projeto TEC-DAM (Tecnologias para Destinação de Animais Mortos), que avalia algumas práticas e tecnologias apontadas como rotas tecnológicas, como a compostagem acelerada, a biodigestão anaeróbia, a desidratação, a incineração e a reciclagem industrial de carcaças (chamada de “rendering”) para a produção de farinhas, gorduras, fertilizantes e outros coprodutos de valor agregado. No entanto, essas rotas tecnológicas necessitam uma validação para que possam ser indicadas oficialmente pelos órgãos regulamentadores.
Outro tema apresentado pela Embrapa Suínos e Aves no Show Rural Coopavel é o bem-
estar na suinocultura. O assunto envolve toda a cadeia produtiva; do produtor ao técnico, da granja à agroindústria e também os transportadores. Todos em busca da melhoria dos padrões de trato e respeito aos animais. A Embrapa e o Ministério da Agricultura, com a parceria de profissionais e instituições como Associação Brasileira dos Criadores de Suínos (ABCS), World Animal Protection (WAP) e Sebrae, elaboraram uma série de documentos e instruções. Foi criado um espaço destinado especialmente ao tema na página da Embrapa Suínos e Aves (embrapa.br/suinos-e- aves/bes), onde todo material (cartilhas, manuais, folders e vídeos) está disponibilizado gratuitamente.

Fonte: Embrapa Suínos e Aves
Foto: Lucas Scherer

Veja também

Santa Catarina comemora 25 anos sem registros de febre aftosa06/04 O Brasil comemorou nesta quinta-feira (05) a plena erradicação da febre aftosa no Brasil, reconhecido pela Organização Mundial da Saúde Animal (OIE). O “Dia A” marcou a conquista e foi organizado em Santa Catarina pela Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina (FAESC) no município de Chapecó.......
Bem-estar animal: compromisso do produtor rural e da indústria22/08 Por José Zeferino Pedrozo, presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de SC (Faesc) e do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/SC) É uma questão de civilidade e de humanidade. A......

Voltar para Notícias (pt)