NOTÍCIAS

Postado em 14 de Novembro de 2017 às 13h57

Garantia de abate halal deve aumentar exportação a países muçulmanos

Agroindústria (26)

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) encaminhará à Congregação
Fikh, entidade de jurisprudência muçulmana, estudo que comprova a aplicação no Brasil do
método halal. A medida deverá facilitar negócios e ampliar as exportações brasileiras de carne de
frangos e de bovinos para mais de 50 países que integram a congregação.
O ministro interino do Mapa, Eumar Novacki, comprometeu-se a enviar estudo realizado
pela Embrapa e pela USP sobre abate que atende a princípios religiosos desses países. Novacki
recebeu comitiva integrada pelo secretário geral da Congregação Fikh, Abdel Salam Al Abadi, pelo
primeiro conselheiro da liga Mundial Muçulmana, Abdul Al Aziz Mohamad Al Souli, e pelo vice-
presidente do Centro de Divulgação do Islã para a América Latina (Cdial Halal), Ali Ahmad Saifi.
Em São Paulo, no fim de semana, a comitiva participou do primeiro congresso halal do
Brasil. O questionamento ao ministro foi quanto à confirmação formal da prática de abate, em
complemento a visitas técnicas já realizadas a empresas brasileiras exportadoras. Os
muçulmanos fazem questão de informações científicas e oficiais de governo. O método de abate
halal minimiza o sofrimento animal.

Fonte: MAPA

Veja também

Agronegócio responde por 65% das exportações catarinenses em 201731/01/18 Santa Catarina encerrou 2017 com saldo positivo nas exportações, somando US$ 8,51 bilhões em faturamento. E boa parte desse total tem origem no agronegócio. O setor respondeu por 65% dos embarques catarinenses no último ano, com receita que passa de US$ 5,5 bilhões. Os dados são do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços......
Câmara aprova comercialização de alimentos artesanais de origem animal23/03/18 A Câmara dos Deputados aprovou na terça-feira, 20, projeto de lei 3.859/15, que permite a comercialização entre Estados de produtos artesanais de origem animal, como queijos e embutidos. Agora a matéria segue para o......

Voltar para Notícias (pt)