NOTÍCIAS

Postado em 08 de Julho de 2016 às 16h48

Geração de energia limpa e renovável será apresentada pela Renovigi

Economizar energia elétrica e produzir energia limpa, reduzindo impactos no meio ambiente, são alguns dos objetivos da Renovigi Energia Solar ao fornecer sistemas fotovoltaicos para residências e empresas de todo o Brasil. A Renovigi nasceu em 2012, como resultado da reunião de empresários com histórias de décadas de sucesso à frente de suas organizações, que possuem em comum a visão focada em desenvolver e oferecer ao mercado soluções que agregam a inovação e a sustentabilidade.

Ao longo da Mercoagro, a empresa irá apresentar um sistema fotovoltaico, mostrando de que forma pessoas e empresas podem economizar e reduzir sua fatura de energia elétrica. Demonstrará ainda como o monitoramento da energia gerada a partir do sol pode ser feito por meio de aplicativo instalado no celular ou via internet.

Essa é a primeira vez que a empresa participa da feira. “Para a Renovigi é uma satisfação poder mostrar a todos participantes e visitantes da Mercoagro de que forma pessoas e empresas podem utilizar a energia do sol para reduzir sua conta de energia elétrica. Nossos painéis solares e equipamentos são produtos de primeira linha no mercado mundial e certificados pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (INMETRO) com classificação A”, expõe o diretor da empresa, Alcione Belache. Mais informações no site www.renovigi.com.br.

MERCOAGRO 2016

A Mercoagro 2016 (Feira Internacional de Negócios, Processamento e Industrialização da Carne) é organizada pela Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC) e ocorrerá de 13 a 16 de setembro no Parque de Exposições Tancredo Neves, em Chapecó (SC). O horário de visitação será das 14 às 21 horas. 

A feira conta com o apoio institucional do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), da Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafrigo) e do Centro de Tecnologia de Carnes do ITAL, da Associação de Matadouros, Frigoríficos e Distribuidores de Carne do Estado de Mato Grosso do Sul (Assocarnes), Associação Gaúcha de Avicultura (ASGAV/SIPARGS), Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), entre outras instituições. 

Veja também

Camex autoriza início de tratativas para abertura de contencioso na OMC26/04/18 Os ministros da Câmara de Comércio Exterior (Camex) autorizaram por unanimidade o início das tratativas de abertura de contencioso junto à Organização Mundial do Comércio (OMC) contestando barreiras impostas pela União Europeia à carne de frango brasileira. A proposta foi encaminhada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento......
China, Chile e Egito retomam compras de carnes brasileiras27/03/17 China, Chile e Egito anunciaram ao governo brasileiro a retomada das compras de carnes produzidas no Brasil, sendo que a suspensão de embarques ficará restrita apenas às plantas frigoríficas investigadas na Operação......
Angola e Iêmen voltam a importar carne brasileira27/04/17 Países haviam parado de comprar carne do Brasil em função da operação Carne Fraca A Angola e o Iêmen que mantinham suspensão total da importação de carne brasileira, mudaram sua......

Voltar para Notícias (pt)