NOTÍCIAS

Postado em 17 de Agosto de 2016 às 08h27

Globalfood promove workshop internacional durante a feira em Chapecó

Durante a Mercoagro 2016, na cidade de Chapecó, a Globalfood promoverá, no dia 15 de setembro, o Workshop Internacional. O evento ocorrerá no anfiteatro do Senai Chapecó, com início às 9 horas.

O evento terá como tema principal a inovação tecnológica no processamento de carnes, seguindo as principais tendências como agregação de valor, produtos com rótulos limpos “clean label”, redução de sódio e sistema de bioproteção.

Participação do workshop cientistas e especialistas internacionais como Dr. Poulson Joseph – especialista em aplicação de antioxidantes e corantes naturais em produtos cárneos, da Kalsec dos USA, empresa especializada na produção de antioxidantes naturais, extratos e oleoresinas e corantes naturais; Ben de Haan – especialista em sistemas de bioproteção da DSM Holanda, empresa líder mundial em ingredientes biotecnológicos; Joerg Duepjan – especialista em produção de produtos fermentados e maturados, Lallemand do Canadá, empresa produtora de culturas, e toda a equipe técnica Globalfood.

Além dos técnicos das empresas parceiras internacionais, a equipe técnica da Globalfood, Joao Yunes e Vinicius Morais, apresentarão o cenário mercadológico, o desafio e oportunidades, fazendo um link entre as tecnologias internacionais com a aplicação nos produtos do mercado nacional e suas aplicações para produtos voltados ao mercado de exportação.

As inscrições podem ser feiras por meio do e-mail karem.perillo@globalfood.com.br, informando nome, empresa e posição que ocupa na organização. 

MERCOAGRO 2016

A Mercoagro 2016 (Feira Internacional de Negócios, Processamento e Industrialização da Carne) é organizada pela Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC) e ocorrerá de 13 a 16 de setembro no Parque de Exposições Tancredo Neves, em Chapecó (SC). O horário de visitação será das 14 às 21 horas. Conta com o apoio institucional do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), da Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafrigo), do Centro de Tecnologia de Carnes do ITAL, da Associação de Matadouros, Frigoríficos e Distribuidores de Carne do Estado de Mato Grosso do Sul (Assocarnes), Associação Gaúcha de Avicultura (ASGAV/SIPARGS), Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), entre outras instituições. 

Veja também

Mercado de suínos deve ter melhora nos próximos dias04/05 O mercado de suínos deve registrar uma melhora nos próximos dias, de acordo com análise da Scot Consultoria. A expectativa se deve à entrada de salários da população, o que deve ampliar a circulação de dinheiro. Nas granjas paulistas os preços dos suínos permaneceram estáveis nesta semana, com o animal terminado cotado, em......
A busca por novos mercados para a carne suína brasileira24/07 No ano passado, a Rússia representou 38% do total de carne suína embarcada para o exterior. Foi devido a essa alta representatividade que o setor produtivo estremeceu diante dos embargos do país ao suíno brasileiro. Em apenas um......
Produção de carnes em MT deve crescer 40% até 2023, diz Rabobank21/06 A produção de proteína animal no estado de Mato Grosso deve crescer 40% até 2023, segundo projeção divulgada pelo Rabobank em relatório divulgado nesta semana. Os crescimentos anuais médios da......

Voltar para Notícias (pt)