NOTÍCIAS

Postado em 07 de Fevereiro às 13h35

JBS eleva capacidade de abate de unidade de bovinos em MT em 50%

  • Mercoagro – Edição 2018 -

A JBS elevará a capacidade de abate de bovinos na unidade de Barra do Garças (MT) em
50% com a criação de um segundo turno de trabalho, informou a empresa na segunda-feira (05).
A processadora de carnes pretende contratar 400 pessoas para trabalhar no segundo
turno, que iniciará atividades em duas semanas. O processo de contratação continua em
andamento e interessados em se candidatar devem entrar em contato com a unidade em Barra dos Garças, segundo a companhia.
A unidade de Barra do Garças está em operação há 20 anos e tem habilitação para
exportar aos “principais mercados importadores”, segundo a JBS, que opera 36 unidades de
carne bovina no Brasil.
A assessoria de imprensa da JBS disse à CarneTec que não revelaria o volume total de
abates da unidade porque a informação é estratégica.
Em janeiro, a JBS já tinha anunciado a reabertura da unidade de abate e desossa em
Goiânia (GO), após um período de 90 dias fechada para reforma. Em dezembro do ano
passado, a companhia também informou que elevaria a produção de charque, com investimento na planta de Santana do Parnaíba (SP).
Fonte: Carnetec

Veja também

Porque uma boa fazenda de suínos não pode ficar sem tecnologia24/07 A escassez de mão de obra é um dos principais problemas na produção suína moderna. No entanto, mudar para a tecnologia para economizar mão de obra parece um passo gigantesco, diz Casey Bradley, especialista em tecnologia de alimentação de suínos. Ela tem pelo menos três boas razões para considerar mais aplicações......
Produção de carne mundial deve crescer 2% em 201811/07 Um relatório publicado duas vezes ao ano pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) apresenta as expectativas de produção, exportação, consumo e estoques das proteínas bovina, de frango e de......
Exportações de carne bovina sobem 5,2% no ano09/11/17 As exportações brasileiras de carne bovina somam 1,2 milhão de toneladas de janeiro a outubro deste ano, alta de 5,2% em relação ao mesmo período do ano passado, segundo dados da Associação......

Voltar para Notícias (pt)