NOTÍCIAS

Postado em 04 de Dezembro de 2017 às 13h20

JBS tem melhor desempenho socioambiental do Brasil

    As políticas de sustentabilidade da JBS obtiveram reconhecimento de destaque pela
    entidade global CDP (Driving Sustainable Economies), por ser uma das empresas brasileiras a apresentar resultados positivos no combate ao desmatamento e às mudanças climáticas e na gestão de recursos hídricos.
    O CDP é hoje uma das principais plataformas globais para o acompanhamento das
    políticas corporativas de sustentabilidade das grandes empresas. Seu conteúdo é utilizado como fonte de informação para o mercado financeiro internacional, com o intuito de avaliar o risco ambiental das companhias. Atualmente, mais de 6,3 mil organizações de todo o mundo reportam seus dados ao CDP.
    No resultado deste ano, a JBS se destacou na categoria CDP Mudanças Climáticas e ficou
    entre as líderes da indústria de alimentos neste quesito. O resultado foi obtido devido à
    implementação de ações como economia de energia, aumento no uso de combustíveis
    sustentáveis, eficiência logística da frota de caminhões da Companhia e o aumento da reciclagem de resíduos.
    No CDP Florestas – ranking que faz a avaliação das políticas corporativas para prevenir o
    desmatamento da cadeia de valor das companhias –, a JBS figura entre as sete melhores
    empresas das 201 avaliadas em nível global. No Brasil, registrou o melhor desempenho das
    companhias analisadas, pois divulga as políticas de compra responsável de matéria-prima,
    aplicadas às principais commodities agrícolas (gado, soja e madeira), e que estão relacionadas com o desmatamento. Em especial, o Sistema de Monitoramento Socioambiental das Fazendas Fornecedoras de gado que seleciona fornecedores frente aos critérios socioambientais estabelecidos pela Companhia.
    Na categoria CDP Água, a JBS se destacou por seu Programa de Gestão Sustentável de
    Água - criado para gerir e mitigar a exposição aos riscos hídricos -, e pelas inúmeras práticas de melhorias de processos em prol da eficiência hídrica e alternativas de reuso implantadas em suas unidades. Outro ponto de destaque foi a estrutura de governança da empresa, comandada por seu Comitê de Sustentabilidade (formada por líderes da JBS). Com essas ações, a Companhia conquistou nota "A-" da categoria Liderança, pontuação acima da média das demais empresas brasileiras.
    "O reconhecimento do CDP é fundamental para avançarmos nas políticas e gestão
    corporativa de sustentabilidade. A JBS acredita que é possível reduzir ainda mais os impactos ambientais gerados na cadeia de valor dos produtos, por meio de projetos de ecoeficiência e engajamento de fornecedores", diz Márcio Nappo, diretor de Sustentabilidade da JBS.
    O EVENTO
    O CDP realizou na quinta-feira (30/11), no Teatro Vivo, na cidade de São Paulo, evento
    para reconhecer as empresas que se destacaram na edição 2017 do relatório. No encontro, foram divulgados os levantamentos globais dos programas (Água e Florestas), além do relatório da América Latina para Mudanças Climáticas.

    Fonte: Suinocultura Industrial

    Veja também

    Chapecó discute a integração fronteiriça para o desenvolvimento do agronegócio16/09/16 Promover a integração fronteiriça para desenvolver todas as cadeias produtivas do agronegócio catarinense foi o tema do encontro promovido pelo Núcleo Estadual de Integração da Faixa de Fronteira que reuniu empresários, técnicos do governo e produtores, nesta semana, no Parque de Exposições Tancredo Neves, em Chapecó, durante a......
    Porque uma boa fazenda de suínos não pode ficar sem tecnologia24/07 A escassez de mão de obra é um dos principais problemas na produção suína moderna. No entanto, mudar para a tecnologia para economizar mão de obra parece um passo gigantesco, diz Casey Bradley, especialista em......
    BOI/CEPEA: Ano de 2018 deve ser melhor, mas com desafios11/01 Passado o momento turbulento e constatada a importância da reorganização e da capacidade de reagir às diferentes intempéries de 2017, o setor pecuário inicia 2018 mais otimista, porém, bastante atento, segundo......

    Voltar para Notícias (pt)