NOTÍCIAS

Postado em 27 de Maio de 2016 às 09h43

Lenke apresentará soluções para a indústria de alimentos

Classificadoras de esteiras, balanças eletrônicas, sistemas de pesagem e etiquetagem são os produtos que serão expostos na Mercoagro 2016 pela Lenke Food Systems. Fundada em São Paulo em 1995, a empresa inicialmente trabalhou com a representação de equipamentos importados para o mercado brasileiro. Ao longo dos anos, a Lenke foi desenvolvendo seus próprios produtos e abriu uma filial em Tubarão (SC) para automação industrial e desenvolvimento de software para a indústria frigorífica. Assim nasceu a Lenke Automação.

A empresa é especializada em soluções para indústria de alimentos, destacando-se a linha de pesagem industrial, software de controle de produção e rastreabilidade. Os produtos para o mercado alimentício englobam balanças eletrônicas, classificadoras de esteiras, classificadoras aéreas, sistemas de pesagem, aplicadores de etiquetas, verificadoras de peso e software de controle de produção. 

“A feira consegue reunir grande quantidade de clientes em potencial. Como Brasil é grande, é muito custoso e demorado visitar estes clientes, e temos percebido durante os anos o retorno do investimento na Mercoagro, seja pelos negócios fechados ou pela divulgação da marca Lenke”, disse o diretor da empresa, Andri Laxdal.

A FEIRA

A Mercoagro 2016 é organizada pela Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC) e será realizada de 13 a 16 de setembro no Parque de Exposições Tancredo Neves, em Chapecó (SC). O horário de visitação será das 14 às 21 horas. A feira conta com o apoio institucional do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), da Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafrigo) e do Centro de Tecnologia de Carnes do ITAL, entre outras instituições. 

Veja também

Diretor do ITAL acredita que pequenas empresas podem sobressair na produção da carne20/02/18 Diretor-geral do Instituto de Tecnologia de Alimento (ITAL, Campinas/SP), Luis Madi, acredita que serão as micro e pequenas empresas que virão com força na produção de carne do Brasil. Isso porque nos últimos anos temos visto transformações importantes que exigiram uma evolução da indústria no modo de operar e também no......
Proteína animal terá estabilidade no mercado em 201822/01/18 Os preços das carnes ao consumidor deverão permanecer estáveis no primeiro semestre de 2018, estima a empresa de pesquisa de mercado GfK. No acumulado de 2017, os valores caíram 4,5% para a carne bovina e 10,7% para a de......

Voltar para Notícias (pt)