NOTÍCIAS

Postado em 14 de Setembro de 2016 às 14h31

Mercoshow oportuniza produtos e serviços inovadores

Desenvolvimento do comércio internacional, novas tecnologias de conservação de produtos, como minimizar os impactos ambientais, proteção das mãos e energias renováveis foram temas abordados nas palestras da Mercoshow. O evento faz parte da programação técnica e científica da Mercoagro 2016, que prossegue até esta sexta-feira (16), no Parque de Exposições Tancredo Neves, em Chapecó (SC).

O consultor de Comércio Internacional da Diamond Business Consulting, Leandro Vieira, prelecionou sobre “Eu no Mundo – Superando Paradigmas e Desenvolvendo o Comércio Internacional”. Segundo ele, o comércio internacional é desafiador e, para alcança-lo, é preciso romper barreiras. “O empresário precisa saber quais são os objetivos estratégicos da empresa e pessoais e criar um projeto que seja importante para ele. É comum encontrar profissionais que não tem sucesso porque não se identificam com o projeto. Para exportar, é necessário ter o produto, o desejo de alcançar esse mercado e muito trabalho. É um mercado aberto para empresas de qualquer porte e, com o atual cenário econômico brasileiro, é uma alternativa para continuar crescendo”, avaliou.

O diretor geral da Cavgut, de Piraquara (PR), Eduardo Cavichiolo, e a gerente administrativa Sonia do Nascimento participaram da palestra “Energias Renováveis: Saiba como Reduzir Custos com Energia Elétrica do seu Negócio”, com o diretor da Vilco Engenharia e Consultoria, Sérgio Augusto Costa, e da palestra “Novas Tecnologias de Conservação: Bioconservação e Redução de Sódio”, com o gerente da filial da Galactic América Latina, Denis Wiliquet. “Viemos em busca de novidades que possam ser aplicadas na empresa e que contribuam para a melhoria da qualidade e na redução de custos”, expôs Cavichiolo. Eles atuam com indústria de conservas e conheceram um conservante natural com redução de sódio, que irão testar na empresa.

A estudante de Engenharia Química Elisandra Alves participou da palestra sobre energias renováveis. “A faculdade incentivou. Foi interessante porque ouvimos sobre o conteúdo na sala de aula e, vindo para a palestra, conseguimos associar mais com a prática”, realçou.

Costa ressaltou que as energias renováveis são um mercado em expansão e, por meio delas, é possível reduzir o custo com energia elétrica nas indústrias. “A energia elétrica é um insumo fundamental para qualquer atividade industrial. Porém, não conseguimos prever quanto vai custar daqui um, dois ou mais anos. O uso de energias renováveis, como a eólica, fotovoltaica e biomassa, é uma solução para reduzir os custos e aumentar a competitividade”, enfatizou.

A Mercoshow é um novo espaço dentro da Mercoagro onde os expositores apresentam palestras técnicas, comerciais e conhecimentos inovadores para os visitantes. Acontece no Pavilhão Vermelho do Parque de Exposições, Auditório 1, acesso pela Rua 1500, das 15 às 20 horas, durante todo o período da Mercoagro. O evento é gratuito. Não é necessária inscrição prévia, as vagas são limitadas e a orientação é chegar com 30 minutos de antecedência.

PROGRAMAÇÃO

Nesta quarta-feira (14), o gerente de Tecnologia da Foss do Brasil, Cristiano Moresco, falará sobre “Alternativas tecnológicas para redução de custos em processos e produtos cárneos”, às 15 horas; o gerente comercial da Mundial SA Produtos de Consumo, Wagner Huber, abordará o tema “Sistema de gestão integrada de facas via ‘internet das coisas’: controle de afiação, utilização, higienização e descarte”, às 16 horas; “Eficiência energética em sistemas de bombeamento” será o tema abordado às 17 horas pelo engenheiro da Fiedler Automação Industrial, Marcos Aurélio Kuchenbecker; o químico de aplicações da Alpax Comércio de Produtos para Laboratórios, Marco Antonio Rodrigues, palestrará sobre “Método rápido, sem a utilização de extração por Hexano, para determinação de óleos e graxas em água e efluentes por infravermelho – segundo ASTM D7066”, às 18 horas; e às 19 horas o diretor da Ludfor Consultoria em Energia, Douglas Ludwig, abordará o tema “Mercado livre de energia – cenários e oportunidades para redução de custos com energia elétrica”.

As palestras continuam no dia 15 com tema “Transmissão de potência – correntes de transmissão e rolamentos: características e definições, principais dimensões, tipos e normas, instalação e lubrificação”, com o supervisor técnico da Casa das Correntes, Everton Moraes Machado, às 15 horas; “EPIs em geral: equipamentos de proteção para frigoríficos”, com o coordenador técnico de produtos da Promat Luvas Profissionais, Willians Domingos, às 16 horas; o engenheiro de aplicação da Bermo Condução e Controles de Fluidos, Antony da Silva, abordará o tema “Recuperação de energia térmica”, às 17 horas; o analista de suporte técnico da Akso Produtos Eletrônicos, Marcelo Firmino, falará sobre “Utilização e calibração de instrumentos de medição”, às 18 horas; e o engenheiro eletrônico da Soma Sul Equipamentos, Carlos Bastos, prelecionará sobre “Eficiência energética em redes de ar comprimido”, às 19 horas.

No último dia da Mercoagro serão promovidas quatro palestras: “Debatendo venda corporativa: técnica e sucesso”, com o consultor de gestão de vendas da Diamond Business Consulting, Satyro Oliveira, às 15 horas; “Mercado livre de energia – cenários e oportunidades para redução de custos com energia elétrica”, com o diretor da Ludfor Consultoria em Energia, Douglas Ludwig, às 16 horas; “E agora, o que fazer? O mercado internacional o aguarda”, com o consultor de comércio internacional da Diamond Business Consulting, Leandro Vieira, às 17 horas; e “Sistemas fotovoltaicos conectados à rede – usando o sol para economizar energia elétrica”, com o sócio diretor da Renovigi Energia Solar, Alcione Belache, às 18 horas.

MERCOAGRO 2016

A Mercoagro 2016 (Feira Internacional de Negócios, Processamento e Industrialização da Carne) é organizada pela Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC) e ocorre até esta sexta-feira (16) no Parque de Exposições Tancredo Neves, em Chapecó (SC). O horário de visitação será das 14 às 21 horas. Conta com o apoio institucional do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), da Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafrigo), do Centro de Tecnologia de Carnes do ITAL, da Associação de Matadouros, Frigoríficos e Distribuidores de Carne do Estado de Mato Grosso do Sul (Assocarnes), Associação Gaúcha de Avicultura (ASGAV/SIPARGS), Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), Núcleo Oeste de Médicos Veterinários e Zootecnistas (Nucleovet), entre outras instituições. 

Veja também

Entidades defendem qualidade da indústria brasileira da carne28/03 Faesc, Sindicarne e Acav emitiram notas oficiais no dia em que a Operação da Polícia Federal foi deflagrada. Confira as notas na íntegra: SINDICARNE E ACAV: O Sindicato das Indústrias da Carne e Derivados no Estado de Santa Catarina (SINDICARNE) e a Associação Catarinense de Avicultura (ACAV), em face da deflagração da “Operação......
REGISTRO NO SIF DE PRODUTOS DE ORIGEM ANIMAL SE TORNA MAIS ÁGIL22/08 Fila de solicitações foi praticamente encerrada com uso de força tarefa e sistema iniciado neste ano permite inclusão automática quando se trata de produto já regulamentado O Departamento de......

Voltar para Notícias (pt)