NOTÍCIAS

Postado em 25 de Outubro de 2017 às 14h41

MillSMART: programa chega ao Brasil para auxiliar fábricas de ração a superar barreiras à produtividade

Notícias (46)Mercado (38)

A Kemin abriu as portas da sua sede em Indaiatuba em São Paulo nesta terça feira (24/10)
para o lançamento do Programa MillSMART™. O foco do programa, segundo a empresa, é a
melhoria da eficácia, segurança e rentabilidade das operações das fábricas de rações.
MillSMART™ é um programa mundial da Kemin que reúne as competências em
engenharia, produtos e serviços para apoiar as fábricas de ração em “SUPERAR” as barreiras à
produtividade. O programa abrange sete benefícios principais, sendo:
S– Shelf life à Aumento de vida de prateleira das rações
U – Umidade à Reposição de umidade perdida durante processo de produção/armazenamento
P – PDI à Aumento da durabilidade dos pellets, menor produção de finos
E – Energia Elétrica à Redução do uso de energia elétrica das máquinas
R – Rentabilidade à Menos capital imobilizado em máquinas
AR – Aumento de Rendimento à Aumento de rendimento das máquinas
O PROGRAMA
O programa, já lançado em 20 países, pode ser definido, segundo a Kemin, como uma
associação entre recursos humanos, máquinas, produtos e serviços. Nele são alocados mais de
100 engenheiros responsáveis pela construção das máquinas inteligentes denominadas
Smartboxes. Dentro das fábricas, elas são capazes de identificar as características dos insumos
utilizados para produção de uma ração específica e adaptar o processo de produção conforme as
características dos insumos.
“As máquinas são capazes de calcular automaticamente as correções necessárias para
garantir uniformidade do processo e reduzir perdas. Elas também adicionam aos insumos
utilizados nas rações, produtos específicos que promovem aumento de shelflife, rendimento das
máquinas e durabilidade dos pellets, além de reduzir o uso de energia elétrica, perdas de
inventário e contaminação por bactérias.”, destaca Maurício Silva, Supervisor do Departamento de
Aplicação de Produtos.
Os engenheiros de produção ainda podem se beneficiar da tecnologia de monitoramento
on-line que permite a equipe de engenheiros da Kemin calibrar os equipamentos remotamente
visando o rápido atendimento. A empresa investiu na criação de um Departamento de Aplicação
de Produtos, que oferece aos clientes monitoramento personalizado, instalação, configuração do
sistema, planos de manutenção e treinamento operacional.
“O processo de produção de ração envolve mais de 15 etapas diferentes, cada um afeta
uma pequena parte do resultado final. As máquinas inteligentes nas fábricas de ração são
capazes de identificar estas variáveis e equalizar diferenças ocasionadas pela variabilidade dos
insumos”, reforça Fernanda Andrade, Gerente Técnica de Líquidos da Kemin.
O programa ainda conta com serviços laboratoriais que recentemente receberam o aporte
de R$ 1 milhão, alocados na construção das novas instalações do Customer Lab Service. Os
serviços prestados pelo laboratório vão desde testes de prazo de validade, sensorial, químicos até
testes microbiológicos. “O CLS testará os produtos dos clientes para garantir estabilidade e
qualidade e garantir que eles estejam recebendo o valor máximo dos produtos Kemin”, destaca
Raquel Falcade, Gerente de Qualidade Kemin.

Fonte: Ascom/Avicultura Industrial

Veja também

Carnes iniciam movimento de recuperação com demanda de fim de ano05/12/16 Boi Gordo: Viés de baixa perde a intensidade, mas o preço da arroba ainda não tem força para subir Por Scot Consultoria A pressão de baixa no mercado do boi gordo, explicado pelo lento escoamento da carne no atacado, diminuiu em relação às semanas anteriores. Porém, o mercado segue sem força para que ocorra......
Brasil busca ampliar vendas de produtos agrícolas para a Ásia17/01 Num momento em que em alguns produtos agropecuários do Brasil são alvo de restrições ou ameaças de proibição por parte de importadores relevantes como União Europeia e Rússia, o......

Voltar para Notícias (pt)