NOTÍCIAS

Postado em 23 de Março de 2018 às 10h29

Missão brasileira vai à Arábia Saudita discutir abate de frangos

  • Mercoagro – Edição 2018 -

Uma missão brasileira liderada pelo secretário executivo do Ministério da Agricultura,
Pecuária e Abastecimento (Mapa), Eumar Novacki, está na Arábia Saudita nesta semana para discutir com autoridades sauditas o método de abate de frangos usado no Brasil antes de exportar as carnes para o país árabe, segundo informou o Mapa na quinta-feira (22).
O presidente da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), Fernando Turra, disse
ao jornal Valor Econômico que a viagem visa reverter a decisão dos árabes de exigir que o
método de insensibilização elétrica no abate de frangos deixe de ser usado.
Essa prática estaria ferindo os preceitos muçulmanos de abate halal, já que o animal morreria antes da sangria, segundo o Valor. Os brasileiros irão defender que a insensibilização elétrica não mata os frangos, que voltam a andar após pouco menos de um minuto.
A Arábia Saudita comprou o equivalente a US$ 1 bilhão de carne de frango brasileira no
ano passado, segundo o Mapa.
Caso o governo brasileiro não consiga reverter as exigências sauditas, os exportadores
brasileiros teriam de estar adaptados para cumprir a medida já em abril, conforme reportagem do Valor.

Fonte:  Anna Flávia Rochas/Carnetec

Veja também

Cenário da suinocultura é desafiador, mas expectativa é de melhora25/04/18 A suinocultura está enfrentando um momento desafiador. Instabilidade nas exportações, excesso de oferta e aumento na cotação de grãos, especialmente o milho, acarretaram em baixa dos preços do suíno vivo e aumento dos custos de produção, fazendo com que alguns produtores inclusive trabalhassem no prejuízo. A Associação......
O frango vivo em abril e no 1º quadrimestre de 201802/05/18 Já faz algum tempo que as variações de preço do frango vivo comercializado no interior de São Paulo deixaram de ser a principal – e, por décadas, única - referência das condições......

Voltar para Notícias (pt)