NOTÍCIAS

Postado em 19 de Junho de 2017 às 14h08

Pesquisa aponta crescimento no abate de frangos e suínos

Mercoagro – Edição 2018 Foram abatidas 1,48 bilhão de cabeças de frango no primeiro trimestre deste ano O primeiro trimestre deste ano registrou crescimento nos abates de frangos e suínos, se comparado com o...

Foram abatidas 1,48 bilhão de cabeças de frango no primeiro trimestre deste ano


O primeiro trimestre deste ano registrou crescimento nos abates de frangos e suínos, se comparado com o trimestre anterior. Os dados foram divulgados na semana passada, na Pesquisa Trimestral de Abate de Animais e Aquisição de Leite, Couro e Produção de Ovos, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
No 1º trimeste de 2017, foram abatidas 1,48 bilhão de cabeças de frango, resultado 5,1% acima do registrado no 4º trimestre do ano passado. Já na comparação com o mesmo trimestre do ano anterior, o aumento foi de 0,3%.
Em relação ao abate de suínos, os dados do IBGE indicam queda de 3,2% no primeiro trimestre deste ano. Na comparação anual, houve um crescimento de 2,6% no primeiro trimestre do ano, se comparado com o ano passado.
O abate de 10,46 milhões de cabeças de suínos foi o melhor resultado entre os primeiros trimestres desde que se iniciou a Pesquisa em 1997. Foram 269,64 mil cabeças de suínos a mais no 1º trimestre de 2017, em relação a igual período do ano anterior, com crescimento em 12 das 25 unidades da federação participantes da pesquisa.
Em relação aos bovinos, foram abatidas 7,37 milhões de cabeças, resultado 0,7% superior ao primeiro trimestre do ano passado. O abate de 49,62 mil cabeças de bovinos a mais em um ano foi impulsionado por aumentos em 11 das 27 unidades da federação, com crescimento maior em Goiás (mais 97,26 mil cabeças abatidas).

 

Fonte: Agência Brasil

Veja também

Brasil vai voltar a exportar carnes para mercado filipino28/11/17 A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA, São Paulo/SP) informa que o Departamento de Agricultura do Governo das Filipinas emitiu um memorando reabrindo seu mercado para a carne de frangos, de suínos e de bovinos do Brasil. De acordo com o memorando, divulgado na última sexta-feira (24), o sistema brasileiro atende às normas filipinas de......
ABPA: Banco do Brasil renegociará dívida de produtor de aves e suínos09/07 O Banco do Brasil renegociará dívidas de custeio e investimentos de produtores de aves e suínos, informou na sexta-feira, 6, a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), em nota. A medida atende a um pleito da......

Voltar para Notícias (pt)