NOTÍCIAS

Postado em 30 de Maio às 14h07

Pesquisa sobre bem-estar animal modifica legislação europeia

  • Mercoagro – Edição 2018 -

Pesquisa global com o objetivo de melhorar o bem-estar das aves durante a produção avícola levou a uma mudança na legislação da União Europeia. A informação foi divulgada pelo sitePoultry World.
O novo regulamento, que entrou em vigor no dia 18 de maio, torna legal na União Europeia a utilização do sistema LAPS (Low Atmospheric Pressure Stunning), que a pesquisa provou ser o método mais adequado no atordoamento no pré-abate de frangos de corte.
Este é o primeiro novo método de atordoamento a ser adicionado aos Regulamentos da
EU. A EFSA classificou o LAPS como um dos métodos com menores riscos de bem-estar para os sistemas de atordoamento e acrescentou que, comparar o sistema com o banho de água ou o Gas Stunning não é possível, uma vez que pouca pesquisa havia sido conduzida nos outros sistemas.
A pesquisa, que envolveu cientistas da Universidade de Glasgow e Edimburgo em colaboração com pesquisadores da Universidade de Mississippi, Universidade de Arkansas,
Universidade da Flórida e Universidade de Wageningen, Holanda, representa a mais ampla
avaliação do bem-estar de um sistema para aves.
LAPS é uma nova abordagem que irreversivelmente atordoa os animais, reduzindo
gradualmente a pressão atmosférica e, portanto, a quantidade de oxigênio disponível.

Fonte: Equipe Suino.com

Veja também

Exportações de carne suína tem forte expansão na semana10/07 As exportações brasileiras de carne suína in natura registraram forte crescimento na primeira semana de julho, segundo dados da balança comercial semanal, divulgada pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC). Nos primeiros cinco dias úteis do mês, o Brasil enviou US$ 31,8 milhões desse produto ao exterior, o que......
Embarques de carne in natura para EUA iniciam em cerca de 90 dias08/08/16 As exportações de carne bovina in natura para os Estados Unidos devem iniciar em cerca de 90 dias, após finalização dos trâmites administrativos realizados pelas autoridades dos Ministérios da Agricultura e......

Voltar para Notícias (pt)