NOTÍCIAS

Postado em 09 de Agosto às 13h20

Qualidade na produção de matrizes terá foco no 12º Simpósio da ACAV em setembro

  • Mercoagro – Edição 2018 -

O mercado das empresas ligadas a produção de frangos de corte tem buscado cada vez mais, uma ave pesada e pronta para o abate em menor tempo possível. Muitas pesquisas são realizadas a fim de gerar novas tecnologias nas áreas de nutrição, manejo, sanidade, ambiência e genética. A qualidade de matrizes e o desenvolvimento inicial de pintinhos será um dos assuntos abordados na 12ª edição do Simpósio Técnico de Incubação, Matrizes de Corte e Nutrição, promovido pela Associação Catarinense de Avicultura (ACAV). O evento está programado para o período de 25 a 27 de setembro, no Oceania Park Hotel & Convention Center, na Praia dos Ingleses, em Florianópolis.
O coordenador técnico de aves da Farmabase, empresa parceira na realização do simpósio, Gustavo Savoldi explica que o melhor desempenho zootécnico do frango de corte está diretamente ligado à qualidade da matriz e, por consequência, do pintinho. “Para isso, é necessária a manutenção da saúde das matrizes por meio de um bom programa de biosseguridade, vacinação e nutrição para que a ave produza um ovo de tamanho e padrão adequado, gerando assim um pintinho saudável e de boa qualidade”. O crescimento do embrião é dependente, basicamente, do albúmen e da gema do ovo, que são os principais fornecedores de nutrientes para o desenvolvimento do embrião. Nas primeiras 24 horas após o nascimento, o saco vitelino representa a principal reserva de nutrientes do pintainho, por se constituir de porções remanescentes da utilização da gema e albúmen pelo embrião, que será importante no desenvolvimento inicial do pinto.
Savoldi esclarece que o principal ponto para o desenvolvimento adequado de pintinhos é
promover a saúde das aves durante todo seu ciclo de vida. Para isso é fundamental medidas de biosseguridade, vacinação, limpeza e desinfecção e uso de antibióticos para promoção da saúde e bem-estar animal das aves quando necessário. São muitos os fatores que podem afetar o desempenho, tais como: manejo das matrizes; fatores nutricionais; desafios sanitários (doenças); e condições climáticas.
“A idade da matriz também tem influência direta sobre a qualidade, composição e tamanho
do ovo, pois, com o avanço da idade da matriz, ocorre redução na taxa de postura, alteração nos constituintes do ovo, principalmente gema e albúmen, e aumento no tamanho dos ovos”, salienta.
O peso do ovo influencia o peso do pinto ao nascimento, que, por sua vez, influencia o
desempenho ao abate. Isso ocorre em razão das associações existentes entre peso do ovo e peso do pinto, e do peso do pinto e peso ao abate. A prática rotineira adotada nos incubatórios − classificar ovos pelo peso e idade da matriz para gerar lotes e pintos de corte mais homogêneos e facilitar o manejo durante o período de criação, a regulagem de equipamentos no galpão e o abate − é decorrente da correlação positiva entre o peso do ovo e o peso do pinto.
“A qualidade dos pintinhos de um dia está diretamente correlacionada com o ovo fértil e o
melhor aproveitamento no incubatório. A produção de pintinhos de qualidade de um dia hoje é dependente de diversos fatores com, por exemplo, fatores físicos durante a incubação: umidade, temperatura e ventilação; período de armazenamento dos ovos férteis; idade das matrizes pesadas e qualidade dos ovos, entre outros”, complementa.
INSCRIÇÕES
O simpósio trará palestrantes renomados e grandes empresas do mercado com conhecimento técnico, além de produtos de alta tecnologia. As inscrições para o Simpósio seguem abertas até o dia 31 de agosto com valores do primeiro lote. Elas podem ser efetuadas pelo site http://www.sindicarne.org.br/simposio2018/ com desconto para as empresas associadas. No primeiro lote o valor é de R$ 365,00 (até 31 de agosto), e R$ 400,00 (de 1º de setembro até a data do evento).
Os não-sócios terão inscrições nos seguintes valores: até 31 de agosto a R$ 425,00, de 1º de setembro até o dia do evento será de R$ 465,00 Para estudantes o valor será de R$ 245,00 (até 31 de agosto), e R$ 265,00 (1º de setembro até o dia do evento).

Veja também

ACIC promove reunião com expositores locais da Mercoagro16/06/16 A Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC), organizadora da Mercoagro 2016 (Feira Internacional de Negócios, Processamento e Industrialização da Carne), reuniu nesta terça-feira (14), expositores locais da feira. O objetivo foi explanar sobre a organização e o planejamento da Mercoagro e ouvir sugestões. O gerente de projetos da......
A realidade virtual começa a decolar no galinheiro15/08 Há sinais de que a realidade virtual está começando a fazer uma diferença real tanto para os consumidores quanto para os funcionários da avicultura. O National Chicken Council (NCC) anunciou no mês passado que havia......
Embarques de carne in natura para EUA iniciam em cerca de 90 dias08/08/16 As exportações de carne bovina in natura para os Estados Unidos devem iniciar em cerca de 90 dias, após finalização dos trâmites administrativos realizados pelas autoridades dos Ministérios da Agricultura e......

Voltar para Notícias (pt)