NOTÍCIAS

Postado em 31 de Março de 2016 às 11h26

Rocha apresentará equipamentos térmicos na Mercoagro 2016

Há 36 anos no mercado, a Rocha Equipamentos Industriais de Rio do Sul (SC) participará da Mercoagro 2016 com produtos especializados para alimentação de caldeiras e outros equipamentos térmicos que possam utilizar combustíveis como cavacos de madeira, cascas de arroz, cascas de castanha, madeira em toras e toletes, refilos e costaneiras, bagaço de cana, serragem e maravalha, capim, palhas, ou qualquer outro combustível sólido granulado. Além dos equipamentos aplicados a biomassa, a empresa produz equipamentos para movimentação das cinzas geradas pelas caldeiras e transportadores industriais sob consulta.

A Mercoagro está programada para o período de 13 a 16 de setembro deste ano, no parque de exposições da Efapi, e envolve as empresas fornecedoras da indústria da carne que abrange, entre outros, os setores de congelamento, refrigeração, automação industrial, ingredientes e aditivos, embalagens, transporte e armazenagem, equipamentos e acessórios. A feira é organizada pela Associação Comercial e Industrial (ACIC) e tem apoio da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), da Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafrigo) e do Centro de Tecnologia de Carnes do ITAL.

A Rocha Equipamentos atua no mercado nacional e oferece soluções práticas e inteligentes para seus clientes, desde equipamentos isolados até plantas completas. Para o mercado da indústria alimentícia, o destaque é o produto de movimentação de biomassa e cinzas. 

A empresa participará pela segunda vez da feira a fim de divulgar seus equipamentos e fortalecer a marca no mercado. “Queremos ser cada vez mais reconhecidos como uma empresa confiável e que oferece produtos que atendem o cliente, com eficiência e qualidade. A Mercoagro 2016 oportunizará o momento certo para isso”, assegura o diretor de vendas da empresa, Waldinei Mendes.

Veja também

Circovirose Suína: investimento na prevenção evita prejuízos e gastos com medicamentos28/05/18 Diagnosticada pela primeira vez no Brasil em 1999, a Circovirose Suína é uma enfermidade comum nos plantéis brasileiros. A atenção do suinocultor deve ser grande nos leitões após o desmame, a partir da sexta semana de vida. Uma vez infectados, os animais apresentam retardo no crescimento, baixo ganho de peso, aumento dos linfonodos, dificuldades......
Bumerangue apresentará esteiras e correntes modulares plásticas05/12/17 A Bumerangue Brasil Industrial LTDA comemora 20 anos na Mercoagro 2018. A empresa fornece correntes e esteiras modulares plásticas, linha aérea plástica, acessórios e serviço de projetos para toda a América Latina.......

Voltar para Notícias (pt)