NOTÍCIAS

Postado em 11 de Julho de 2018 às 11h31

Safra de grãos deve alcançar 228,5 milhões de toneladas

  • Mercoagro – Edição 2018 -

A estimativa da safra de grãos do Brasil, a segunda maior da história, deve ser de 228,5 milhões de toneladas, com redução de 3,9% ou 9,2 milhões de toneladas em relação à safra passada, quando chegou a 237,7 milhões de toneladas. A expectativa para a área de colheita é de 61,6 milhões de hectares, a maior já registrada. Os números são do 10º levantamento divulgado nesta terça-feira (10), pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).
Em comparação com o último levantamento, realizado no mês passado, a produção diminuiu 1,2 milhão de toneladas. O resultado da queda se deve aos impactos climáticos que refletiram em nova estimativa de produtividade para o milho segunda safra. Mesmo com menor desempenho neste índice, o cereal terá produção total de 82,9 milhões de toneladas, sendo grande parte desse volume devido à colheita da segunda safra, algo próximo a 56 milhões de toneladas.
Com boa produtividade, a soja é destaque positivo com produção que pode chegar a 118,9 milhões de toneladas, volume recorde, 4,2% superior à safra passada. Registram aumento o algodão em pluma, o feijão segunda safra e o trigo, quando comparados com a safra anterior. O primeiro subiu 28,5%, alcançando 1,9 milhão de toneladas, o segundo, 7,7%, chegando a 1,3 milhão de t, e por último o trigo, com aumento de 15% e alcance de 4,9 milhões de toneladas.
O secretário interino de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Sávio Pereira, destacou a produtividade da soja, superior à do ano passado, além da maior área plantada, e também do algodão “com produtividade e área maior”. A safra, segundo ele, vai gerar excedentes para exportação e atender o consumo interno.

ÁREA PLANTADA
Entre as culturas avaliadas, a soja registrou o maior volume de área semeada, passando de 33,9 milhões para 35,1 milhões de hectares, com ganho absoluto de 1,2 milhão de ha. Outros ganhos ocorreram com o algodão que chegou a 1,2 milhão de hectares, graças ao aumento de 236,9 mil ha, e com o feijão segunda-safra, com 1,5 milhão de hectares e aumento de 108,3 mil ha. Neste caso, contribuiu muito o feijão caupi que, pelo acréscimo de 158,5 mil ha, obteve 1 milhão de hectares.

Fonte: Avicultura Industrial

Veja também

Brasil deverá produzir 6,16 milhões de pintos de corte03/04/18 Ao atualizar o parâmetro de produtividade do frango em 2017 (adotando índice que ainda pode estar subestimado, pois há, no mercado, indicações de peso abatido bem maior que os 2,440 kg adotados), a APINCO apontou disponibilidade interna próxima de 9,380 milhões de toneladas, volume que distribuído entre uma população estimada pelo IBGE em pouco......
Coreia do Sul decide comprar carne suína de Santa Catarina13/07/16 A decisão de a Coreia do Sul de comprar carne suína catarinense já está tomada, de acordo com a Agência de Quarentena Animal e Vegetal (QIA) e o Ministério da Agricultura coreano, restando apenas algumas etapas finais......

Voltar para Notícias (pt)