NOTÍCIAS

Postado em 13 de Dezembro de 2017 às 10h33

SC registra faturamento 14,97% maior na exportação de carne suína

Mercado (34)
  • Mercoagro – Edição 2018 -

Em onze meses, Santa Catarina embarcou 253,8 mil toneladas de carne suína para países
como Rússia, Hong Kong, China, Chile e Cingapura. E, mesmo com uma quantidade 0,24%
menor do que no mesmo período de 2016, o setor não sofreu prejuízos financeiros. Pelo contrário, o faturamento com as vendas foi 14,97% maior, ficando em torno de US$ 590 milhões.
Os números foram divulgados pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio
Exterior (MDIC, Brasília/DF) e analisados pelo Centro de Socioeconomia e Planejamento Agrícola (Cepa/Epagri).
NOVEMBRO
O mês foi marcado por queda na quantidade e no faturamento com as exportações
catarinenses de carne suína e de frango. Felizmente, essa baixa não interfere no bom
desempenho do setor ao longo do ano.
No último mês, o Estado embarcou 71,1 mil toneladas de carne de frango (14,73% a menos
do que em outubro) e obteve receitas de US$ 141,9 milhões (13,73% menor do que no mês
anterior). Porém, quando comparado com novembro de 2016, o faturamento é 5,2% maior.
Destaque nas exportações catarinenses, a venda de carne suína em novembro rendeu US$
43,5 milhões, 5,44% a menos do que em outubro. Durante o mês foram embarcadas 19,9 mil toneladas do produto, uma queda de 4,2%. Na comparação com novembro de 2016, o valor e a quantidade são, respectivamente, 35,12% e 26,86% menores.
A baixa nas exportações é justificada pela redução nas compras de grandes importadores.
No caso da carne de frango, dentre os dez principais importadores, nove reduziram a quantidade comprada em novembro.  Já no caso da carne suína, cinco dentre os dez maiores destinos que tiveram diminuição nos embarques de novembro.

Fonte: Seagri SC, adaptado pela equipe feed&food

Veja também

Sensor ajuda a evitar mortes acidentais de leitões por matriz23/10/17 De acordo com estimativas da indústria suína, mais de 116 milhões de leitões recém-nascidos foram mortos acidentalmente por suas mães em 2016, resultando em bilhões de dólares perdidos. Assim, com apoio da Universidade de Iowa, uma empresa americana desenvolveu um sistema inovador que utiliza da tecnologia de um sensor para ajudar a diminuir o índice de......
Vendas externas de carne in natura crescem 11,7%24/08/16 No acumulado de janeiro a julho os embarques somaram 3,392 milhões toneladas, enquanto os preços médios recuaram 11,8% As exportações brasileiras de carne in natura (aves, suínos e bovinos) somaram 3,392......
China reabilita três plantas exportadoras de carne de frango19/04/17 As autoridades sanitárias chinesas reabilitaram plantas exportadoras de carne de frango do Brasil. Segundo informou a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), a reabilitação foi feita pela......

Voltar para Notícias (pt)