NOTÍCIAS

Postado em 18 de Abril de 2016 às 10h26

Soluções em ergonomia serão apresentadas pela Digitador na Mercoagro 2016

A Digitador Ergonomics, com 25 anos de atuação, desenvolve e fabrica produtos ergonômicos. Atende o mercado brasileiro e o Chile, onde a empresa possui um escritório de distribuição há nove anos. 

Oferece aos setores alimentícios, hospitalares, manufaturas e de serviços, com produtos que contemplam duas linhas: office e industrial. A Digitador fornece, entre outros produtos, cadeiras ergonômicas em inox, tapetes antifadiga bactericidas e cinturão abdominal lombar. Além disso, conta com uma ergonomista sênior certificada pela ABERGO para serviços de laudo ergonômico, palestras e treinamento. Disponibiliza ainda o desenvolvimento de produtos especiais para clientes.

A empresa participará pela primeira vez da Mercoagro. “O crescimento do mercado frigorífico e o aumento das fiscalizações do Ministério do Trabalho com a ampliação significativa de afastamentos foram os indicadores que contribuíram para participarmos dessa feira, a maior do setor, trazendo maior visibilidade e relacionamento para a empresa”, destaca a diretora técnica e ergonomista Denise M. Francato Chiaradia. 

MERCOAGRO 2016

A Feira Internacional de Negócios, Processamento e Industrialização da Carne será realizada de 13 a 16 de setembro deste ano, no Parque de Exposições Tancredo Neves, em Chapecó (SC). A Mercoagro 2016 possui apoio institucional do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), da Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafrigo) e do Centro de Tecnologia de Carnes do ITAL, entre outras instituições.

Veja também

Nova regra prevê multa de até R$ 500 mil a empresa com irregularidade sanitária31/03/17 O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, disse hoje (28) que a atualização do Regulamento da Inspeção Industrial e Sanitária de Produtos de Origem Animal (Riispoa) torna as regras mais claras e tira a “discricionariedade” dos fiscais na interpretação da lei. O novo regulamento prevê a possibilidade de multa de até R$ 500 mil para as empresas......
A busca por novos mercados para a carne suína brasileira24/07 No ano passado, a Rússia representou 38% do total de carne suína embarcada para o exterior. Foi devido a essa alta representatividade que o setor produtivo estremeceu diante dos embargos do país ao suíno brasileiro. Em apenas um......

Voltar para Notícias (pt)