NOTÍCIAS

Postado em 15 de Fevereiro de 2018 às 09h45

Vendas de carne suína chegaram a US$ 110,19 milhões

De acordo com os números divulgados pelo Ministério da Agricultura, Comércio e Pecuária
(Mapa), as exportações do agronegócio atingiram US$ 6,16 bilhões em janeiro, em alta de 4,9% sobre os US$ 5,87 bilhões do mesmo mês no ano passado. As importações tiveram redução de 2,7%, passando de US$ 1,27 bilhão para US$ 1,24 bilhão. Como resultado, o saldo comercial no primeiro mês do ano foi de US$ 4,92 bilhões ante os US$ 4,60 bilhões de janeiro de 2017.
O agronegócio contribuiu com 36,3% do total das exportações brasileiras no mês. Nas
vendas de carne suína, que passaram de US$ 137,91 milhões para US$ 110,19 milhões (-20,1%).
A quantidade exportada recuou 15,8% enquanto o preço médio diminuiu 5,1%. As exportações de carne de frango somaram US$ 512,72 milhões (-13,4%), com queda no quantum exportado (-8,9%) e no preço médio (-5%). 
Os cinco principais setores exportadores do agronegócio foram: carnes (19,3% de
participação); produtos florestais (18,7% de participação); complexo soja (16,8% de participação); complexo sucroalcooleiro (10,3% de participação); e cereais, farinhas e preparações (8,9% de participação).
As vendas externas de carnes somaram US$ 1,19 bilhão. Houve queda do volume exportado em 5,9%, amenizada pela expansão de 3,8% no preço. A carne bovina se destacou com incremento de 24,2%. Houve expansão tanto da quantidade exportada (+15,7%) quanto do preço médio de exportação (+7,3%).

Fonte: Suinocultura Industrial

Veja também

Cinco eventos científicos formam a programação paralela da MERCOAGRO 201619/01/16 Cinco eventos científicos de alto nível constituem a programação paralela da Feira Internacional de Negócios, Processamento e Industrialização da Carne (MERCOAGRO), programada para o período de 13 a 16 de setembro deste ano no Parque de Exposições Tancredo Neves, em Chapecó (SC), sob organização da Associação......
Santa Catarina continua na liderança no abate de suínos no país27/06/16 Entre os estados brasileiros, Santa Catarina continua liderando o abate de suínos no primeiro trimestre do ano. O crescimento em relação a 2015 foi de 6,6% e houve aumento de 74,5% no volume exportado, mantendo-se como principal......

Voltar para Notícias (pt)