de 15 a 18

de setembro de 2020
Chapecó - SC - Brasil

de 15 a 18 de setembro de 2020 - Chapecó - SC - Brasil

Notícias

Exportações de carne suína se mantém estáveis no mês de julho

05/Agosto/2019
Compartilhar:

As exportações de carne suína in natura se mantiveram estáveis nesse mês de julho. Foram enviadas ao mercado externo 59,8 mil toneladas. A média diária registrou queda de 11,2% na comparação com junho, isso porque o mês de julho teve mais dias úteis. Na comparação com julho de 2018 a média diária registrada foi a mesma.

O total monetário movimentado com as exportações foi de US$ 137,1 milhões. O valor pago por toneladas foi 0,4% menor que o registrado em junho, ficando em US$ 2.292,40. Na comparação com julho de 2018 os preços registraram valorização de 23%, visto que no período o valor pago era de US$ 1.852,80.

Resultados gerais da balança comercial em julho

No mês, a exportação alcançou cifra de US$ 20,054 bilhões. Em relação a julho de 2018, as exportações registraram retração de 14,8%, e em relação a junho de 2019, queda de 8,1%, pela média diária.

As importações totalizaram US$ 17,761 bilhões. Sobre igual período do ano anterior, as importações apresentaram queda de 8,9%, e sobre junho de 2019, aumento de 12,6%, pela média diária.

No período, a corrente de comércio alcançou valor de US$ 37,815 bilhões. Sobre igual período do ano anterior registrou-se queda de 12,2%, pela média diária.

O saldo comercial do mês apresentou superávit de US$ 2,293 bilhões, valor 43,4% inferior, pela média diária, ao alcançado em igual período de 2018, US$ 3,874 bilhões.


Fonte: Caroline Mendes/Redação Suinocultura Industrial