Notícias

Exportação diária de proteína bovina, suína e de ave na parcial de setembro supera média de set/20

Exportação diária de proteína bovina, suína e de ave na parcial de setembro supera média de set/20
14/Setembro/2021
Compartilhar:

O Brasil exportou, até a segunda semana de setembro, 86.881 toneladas de carne bovina fresca, refrigerada ou congelada. O período compreende sete dias úteis. A média diária de exportação alcançou 12.411 toneladas, de acordo com dados preliminares da Secretaria de Comércio Exterior (Secex), do Ministério da Agricultura. Este volume foi 81,1% maior do que o verificado em igual mês do ano passado, de 6,778 mil toneladas por dia. O faturamento nos primeiros sete dias úteis de setembro somou US$ 502,963 mil, 13% a menos do que nos 21 dias úteis de setembro de 2020. Na comparação diária, contudo, o valor de US$ 71.851 é 158% maior do que a média diária de US$ 27.764 de um ano antes.

As exportações de carne de frango e suas miudezas nos primeiros sete dias úteis do mês chegaram a 171.349 toneladas, ou 24.478 toneladas por dia, em média. Em setembro do ano passado, o País embarcou uma média de 15.215 toneladas por dia, o que levou a um total de 319.519 toneladas em todo o mês. Em faturamento, a média diária dessas duas primeiras semanas, de US$ 42.819, é mais que o dobro que os US$ 20.668 obtidos por dia em igual mês de 2020. O total faturado até o momento é de US$ 299.737, ante US$ 434.036 nos 21 dias úteis de setembro do ano passado.

Já os embarques de carne suína nos primeiros sete dias úteis de setembro totalizaram 40.882 toneladas, com receita de US$ 96.741. A média por dia de embarques foi de 5,84 mil toneladas, com faturamento de US$ 13,82 mil/dia. Em volume, o número é 61,28% maior do que a média diária de setembro do ano passado, enquanto em receita a alta foi de 64,85%.

Fonte: Julliana Martins/Broadcast Agro

APP Mercoagro

Baixe nosso App
e acompanhe a
Mercoagro na
palma da mão

App Mercoagro - Google playApp Mercoagro - App Store