Notícias

Marfrig economiza 9 mil horas de trabalho com uso de robôs de automação

Marfrig economiza 9 mil horas de trabalho com uso de robôs de automação
15/Outubro/2021
Compartilhar:

Até agosto deste ano foram contabilizadas 9 mil horas economizadas com o uso de robôs de automação no sistema operacional da Marfrig, informou a companhia na quinta-feira (14). Segundo a empresa, os robôs são capazes de fazer tarefas de maneira mais eficiente e cerca de 70% mais rápida, pois trata-se de processos repetitivos e que tendem a gerar erros.

Além da economia de tempo, o segundo maior benefício é a redução dos erros operacionais. “Pedidos digitados manualmente de maneira errada, por exemplo, fazem com que a mercadoria fique parada na unidade em vez de ser transferida. Os robôs garantem que esse processo seja feito de maneira correta”, explicou o diretor de Tecnologia da Informação da Marfrig, Joel Santiago, em nota.

O diretor reforçou, porém, que o uso da tecnologia não torna o ser humano indispensável, muito pelo contrário. “Os robôs não conseguem avaliar a experiência do usuário e a sua satisfação, por exemplo. Com esta implantação, liberamos nossos funcionários para atividades mais estratégicas que trazem valor para o nosso negócio.”

Os investimentos

Implantados em 2020 pela área de Evoluções Tecnológicas da Marfrig, os robôs de automação são ferramentas utilizadas para automatizar tarefas manuais que exijam processos de repetição, como por exemplo copiar dados de forma digital no sistema interno.

Há dois meses, quatro novos robôs foram implantados para executar funções em áreas de negócios como TI, Tesouraria, Insumos, Logística e Financeiro. Ao todo, já são 20 em operação.

“A ideia é que o uso da ferramenta seja democrático e auxilie a empresa como um todo, 24 horas por dia. Os robôs de automação são como funcionários compartilhados entre as áreas. Nós adquirimos uma licença, eles recebem a agenda de atividades e depois executam”, disse Santiago.

Segundo o diretor de TI, a implantação foi gradual. “Inicialmente, quando começamos a falar no uso de robôs, as pessoas imaginavam uma máquina andando pela empresa ou algo visto apenas em filmes. Investimos em explicar como a tecnologia funciona, mostrando que é um software capaz de navegar por sites, acessar sistemas e fazer atividades repetitivas. Quando as pessoas entenderam como o mecanismo funciona, as áreas começaram a demandar o uso dos robôs de automação.”

Antes da efetiva participação dos robôs de automação em um determinado setor da empresa, a área entende cada uma das necessidades e verifica se é uma solução que pode ser feita pelo robô, além de uma avaliação financeira. Em seguida, parte-se para o processo de criação, testes, implantação e produção. No dia a dia, o time de desenvolvimento fica responsável por acompanhar esses robôs e sua devida manutenção, segundo Santiago.

A Marfrig anunciou ainda que pretende comprar mais dois robôs de automação até o fim do ano, com o objetivo de criar "horizontes facilitadores para o dia a dia de seus colaboradores". A companhia disse que busca constantemente novas formas de expandir e aperfeiçoar suas operações, e "a transformação digital é uma grande aliada neste processo de inovação para diversos segmentos da empresa".

Fonte: CarneTec

APP Mercoagro

Baixe nosso App
e acompanhe a
Mercoagro na
palma da mão

App Mercoagro - Google playApp Mercoagro - App Store