Notícias

Desempenho exportador das carnes nas três primeiras semanas de junho

Desempenho exportador das carnes nas três primeiras semanas de junho
21/Junho/2022
Compartilhar:

Os dados ontem (20) divulgados pela SECEX/ME relativos às exportações de carnes dos primeiros 12 dias úteis de junho (57%de um total de 21 dias úteis) mostram franca expansão nos embarques das carnes bovina e de frango e, finalmente, relativa estabilização nos embarques da carne suína.

As duas primeiras registram, por ora, embarques médios diários 20% superiores aos de um ano atrás. E como junho corrente tem o mesmo número de dias úteis de junho de 2021, tendem a completar o mês com os mesmos índices de expansão. Já a carne suína reverte, por ora, a queda anual que a persegue há algum tempo: encerrou o período com incremento de 1,58% no volume embarcado.

No tocante ao preço, as carnes bovina e de frango também continuam em franca valorização. Obtêm, no momento, remuneração 32% e 35% superior à de um ano atrás, resultado que se reflete na receita cambial e que, mantido o desempenho atual, pode registrar aumento anual superior a 60% para as duas carnes.

A carne suína, por seu turno, continua a enfrentar queda de preço. Em decorrência, a receita cambial prevista pode recuar mais de 5% em relação a junho de 2021.

A ressaltar que, somando perto de 98 mil toneladas de carne bovina e quase 250 mil toneladas de carne de frango, os embarques dessas duas carnes correspondem, até aqui, a cerca de 70% do total exportado um ano atrás. Isto, como foi dito acima, em 57% dos 21 dias úteis de junho corrente.



Fonte: AviSite

APP Mercoagro

Baixe nosso App
e acompanhe a
Mercoagro na
palma da mão

App Mercoagro - Google playApp Mercoagro - App Store