Notícias

Receita cambial das carnes no 1º semestre de 2022 superou os US$12 bilhões

Receita cambial das carnes no 1º semestre de 2022 superou os US$12 bilhões
29/Julho/2022
Compartilhar:

No primeiro semestre de 2022 o Brasil exportou pouco mais de 4 bilhões de quilos de carne e gerou, em dólar, receita três vezes maior que esse valor: US$12,2 bilhões. Foi um desempenho bem melhor que o do mesmo semestre do ano passado, quando a relação entre volume e receita foi de 1:2,4.

Naturalmente, a maior contribuição para esse resultado foi dada pela carne bovina, cuja receita cambial aumentou 52% e correspondeu à metade dos US$12,2 bilhões acumulados no período. Resultado advindo de um volume 21,5% maior e de um preço médio 25% melhor.

A carne de frango obteve quase a mesma valorização no preço médio, que aumentou pouco mais de 26%. Mas como o aumento de volume não chegou a 8%, o incremento na receita, inferior ao da carne bovina, ficou próximo de 36%, correspondendo a 37,75% da receita global das três carnes.

Embora encerrando o semestre com perdas menores que em meses anteriores, a carne suína sofreu queda de quase 10% no volume embarcado e de perto de 9% no preço médio. Em decorrência, sua receita cambial apresentou redução de 17,81%.

De toda forma é interessante observar que, em relação ao primeiro semestre de 2019 – quando apenas começava o “boom” deflagrado com o surgimento da peste suína africana – a carne suína fechou o primeiro semestre de 2022 com incremento de 45% no volume embarcado. Já o volume de carne de frango aumentou perto de 30% e o de carne bovina pouco mais de 15%.

Fonte: AviSite

APP Mercoagro

Baixe nosso App
e acompanhe a
Mercoagro na
palma da mão

App Mercoagro - Google playApp Mercoagro - App Store