Notícias

Pif Paf Alimentos conquista Selo Mais Integridade pelo 2º ano consecutivo

11/Dezembro/2019
Compartilhar:

A Pif Paf Alimentos recebeu na terça-feira (10) o “Selo Mais Integridade”, certificação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) conferida neste ano a apenas 16 empresas do agronegócio brasileiro, informou a Pif Paf no mesmo dia. As companhias agraciadas cumpriram as avaliações de conduta ética na gestão e de boas práticas de responsabilidade socioambiental. A ministra Tereza Cristina entregou o certificado ao diretor-presidente da empresa mineira, Rodrigo Alves Coelho, em cerimônia realizada em Brasília (DF).

Este é o segundo ano consecutivo em que a Pif Paf conquista a premiação, representando os setores de aves e suínos do país. Dessa forma, a companhia está autorizada a utilizar o selo nas embalagens de seus produtos, sites comerciais, propagandas e publicações, também em 2020. “É uma honra representar a Pif Paf neste evento e uma grande satisfação estar, mais uma vez, entre as grandes companhias que se destacam no Brasil pela governança e atuação íntegra, ética e sustentável. Esses valores fazem parte da nossa cultura, e a certificação confirma que estamos no caminho certo na condução dos nossos negócios”, disse Coelho, em nota.

De acordo com informações do Mapa, seis empresas foram certificadas pela primeira vez e utilizarão a imagem com o fundo verde. As outras dez que obtiveram a renovação do Selo Mais Integridade passarão a estampá-lo com o fundo amarelo. No evento, a ministra enfatizou que o mercado exige, cada vez mais, um agronegócio alinhado com as boas práticas de integridade. Assim, o fomento às ações nesse sentido “pode ser um diferencial para o futuro do país”.

O Selo Mais Integridade é de uso restrito, registrado no Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI). É estampado nas embalagens dos produtos, a fim de diferenciar as empresas e entidades do agronegócio que desenvolvem boas práticas de governança e gestão, ética e sustentabilidade, capazes de minimizar riscos de ocorrência de desvios de conduta e de fazer cumprir a legislação, em especial a Lei Anticorrupção (Lei 12.846, de 1º de agosto de 2013). As empresas certificadas podem utilizar o selo, que é validado pelo Instituto Ethos de Responsabilidade Social, pelo período de um ano. Em sua primeira edição, em 2018, apenas 11 companhias brasileiras foram certificadas, entre elas a Pif Paf. As informações são da empresa mineira.

Fonte: CarneTec

Foto: Antonio Araújo/Mapa