Notícias

China liberará mais carne suína congelada das reservas antes do feriado

China liberará mais carne suína congelada das reservas antes do feriado
30/Dezembro/2019
Compartilhar:

A China liberará mais carne suína congelada de suas reservas antes das próximas festas de Ano Novo e Ano Novo Lunar, informou a CCTV (televisão estatal da China), citando o Ministério do Comércio.

Isso ocorre em meio a uma enorme escassez de carne no país, depois que a incurável Peste Suína Africana matou milhões de porcos do país e o rebanho encolheu mais de 40%.

A China também aumentará ainda mais suas importações de suínos e diversificará as origens de importação da carne, disse o vice-diretor do departamento de operações de mercado do Ministério do Comércio, Wang Bin, de acordo com a CCTV.

O país também lançará carne congelada e carne de carneiro em áreas habitadas por minorias étnicas, segundo o relatório.

Pequim já liberou mais de 100.000 toneladas de carne de porco congelada das reservas estaduais desde meados de dezembro, informou a CCTV, citando Wang.

Analistas esperam que a carne suína permaneça em alta demanda, enquanto a China se prepara para comemorar o Ano Novo Lunar a partir de 25 de janeiro, período de pico de consumo para a carne.

Entre janeiro e novembro, as importações de carne suína da China aumentaram 57,9% em relação ao ano anterior, para 1,7 milhão de toneladas.

A inflação ao consumidor da China aumentou para oito anos em novembro, com o preço da carne suína dobrando.

Fonte: Reuters

Termos de Uso e Aviso de Cookies

Cookies: a Mercoagro salva estatísticas de visitas para melhorar sua experiência de navegação, obtenha mais informações em nossa Política de Privacidade


Realização:

ACIC Chapecó

Comercialização:

Enterprise

Parceira:

Prefeitura de Chapecó