Notícias

Preços do suíno encerram 2019 quase 80% maiores

Preços do suíno encerram 2019 quase 80% maiores
02/Janeiro/2020
Compartilhar:

De acordo com os dados divulgados pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), as fortes demandas externa e doméstica impulsionaram as cotações dos produtos da cadeia suinícola em 2019, levando a recordes nominais da série do Cepea. Casos de Peste Suína Africana (PSA) registrados na Ásia reduziram a oferta mundial da proteína, elevando a procura pela carne brasileira.

Nos últimos meses de 2019, segundo pesquisadores do Cepea, a maior procura no mercado doméstico foi estimulada pela típica elevação das compras por parte de atacadistas, que formam estoques no final do ano. Além disso, o preço recorde da principal carne concorrente, a carcaça casada bovina, levou consumidores a migrarem para outras fontes de proteína com valores mais competitivos, como a carne suína.


Fonte: Suinocultura Industrial

Termos de Uso e Aviso de Cookies

Cookies: a Mercoagro salva estatísticas de visitas para melhorar sua experiência de navegação, obtenha mais informações em nossa Política de Privacidade


Realização:

ACIC Chapecó

Comercialização:

Enterprise

Parceira:

Prefeitura de Chapecó